sexta-feira, 17 de agosto de 2018

Ação escolar e cidadania

A Faculdade UNINASSAU Parnaíba participou no sábado, 11 de agosto, do dia da Ação Escolar e Cidadania que aconteceu na Unidade Escolar Edson da Paz Cunha, no bairro Nova Parnaíba.
Por Sariny Leão - Assessoria de Imprensa 
Ação escolar e cidadania
A atividade contou com a participação dos cursos de: Fisioterapia, Enfermagem, Pedagogia, Serviço Social, Sistemas de Informação, Engenharia Civil, Farmácia e Estética e Cosmética. 
Durante a ação, acadêmicos, professores e profissionais da Faculdade ofereceram serviços aos pais, alunos e comunidade através de oficinas pedagógicas, aplicação de testes vocacionais, palestras com informações sobre gravidez na adolescência, orientações sobre prevenção de doenças sexualmente transmissíveis (DSTs), além de outros serviços de bem estar e beleza. 
A ação teve como objetivo aproximar escola, família e comunidade, com a finalidade de resgatar valores da escola, bem como contribuir para a melhoria

Reação do governo à ONU é típica de ditaduras

Por *Alex Solnik
Quando eu soube que o comitê de direitos humanos da ONU requereu que o governo brasileiro desse todas as garantias para Lula exercer seus direitos políticos, mesmo estando preso, logo imaginei qual seria a reação de um governo totalitário a uma decisão desse tipo. Um ditador, como o turco Erdogan, por exemplo, diria: não se metam onde não foram chamados. Pois não demorou muito para o ministro da Justiça, Torquato Jardim, responder exatamente com as mesmas palavras: isso é intromissão indevida.
O comitê tomou a iniciativa dado o fato de o Brasil estar desrespeitando o artigo 25 do Pacto Internacional dos Direitos Civis e Políticos que o então presidente Sarney assinou, em 1985. Ao fazer pouco da manifestação do comitê – "não tem valor jurídico" – o ministro disse, e não podia senão falar em nome do governo que o Brasil está pouco se lixando para o Pacto. Está pouco se lixando para os Direitos Humanos. O Brasil entrou no Pacto quando acabou a ditadura. Será considerado uma democracia pelos outros países democráticos depois de

Estudantes de Fisioterapia realizam reunião científica sobre distúrbios respiratórios do sono

Atividade será realizada nesta sexta-feira (17), na Faculdade UNINASSAU Parnaíba.
Por Sariny Leão - Assessoria de Comunicação 
Esta é a terceira reunião de um ciclo de seis palestras que serão realizadas no decorrer de 2018
Estudantes do curso de Fisioterapia da Faculdade UNINASSAU Parnaíba e profissionais da área participam, nesta sexta-feira (17), da terceira reunião científica do grupo de interesse em Fisioterapia Cardiorrespiratória e em Terapia Intensiva do Delta do Parnaíba. A atividade será realizada na sala C 102 da Faculdade a partir das 19h30, será aberta ao público e terá como palestrante a professora Daisy Yseda, que vai falar sobre a atuação da Fisioterapia nos distúrbios respiratórios do sono.
Segundo a coordenadora do curso de Fisioterapia da UNINASSAU, Camila Machado, o objetivo dessa reunião é integrar profissionais e acadêmicos com a finalidade de contribuir com o aperfeiçoamento profissional. “Estamos sempre apoiando a qualificação dos profissionais que estão e que vão para o mercado de trabalho e, sem dúvida, essa reunião é uma excelente iniciativa da coordenadora do grupo de estudos, que é a fisioterapeuta Amanda Couto”,

Fábio Novo faz história

As coisas boas devem sempre ser incensadas, independentemente de simpatias pessoais ou ideológicas. 
Por Murilo Noleto
O deputado Fábio Novo, do PT, Piauiense da cidade de Bom Jesus, fez durante sua gestão à frente da Secretaria de Cultura do Estado do Piaui, uma administração louvável. Dentre as inúmeras realizações gestadas à frente da Secretaria de Cultura, Fábio Novo, construiu na cidade de Bom Jesus um moderno Teatro, equipado com ar condicionado e podendo receber uma plateia

PAULO SÉRGIO PINHEIRO: POSIÇÃO DA ONU SOBRE LULA É 'DECISÃO OBRIGATÓRIA'

Brasileiro Paulo Sérgio Pinheiro, que integra o corpo de especialistas e dirigentes da ONU, afirmou que a liminar do Comitê de Direitos Humanos da instituição que autoriza o ex-presidente Lula a disputar a eleição para a Presidência da República é uma "decisão obrigatória e de efeito imediato; "Não tem isto: 'Ah, isto é bobagem, aqueles caras da ONU não entendem o Brasil'. A decisão é o resultado de um longo processo de informações às partes e ao governo brasileiro", afirmou Pinheiro; " No caso de descumprimento da decisão pelo governo brasileiro, caberá ao país uma "sanção moral", uma "má fama internacional", completou.
Por Brasil 247

O brasileiro Paulo Sérgio Pinheiro, que integra o corpo de especialistas e dirigentes da Organização das Nações Unidas (ONU), afirmou que a liminar do Comitê de Direitos Humanos da instituição que autoriza o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva a disputar a eleição para a Presidência da República é uma "decisão obrigatória e de efeito imediato".
A afirmação de Pinheiro foi feita ao portal UOL pouco após a divulgação da

Em dois anos, país tem mais 5 milhões de "subutilizados" e 1,6 milhão de desalentados

Segundo o IBGE, no segundo trimestre a subutilização da mão de obra chegou a 27,6 milhões: queriam trabalhar mais, mas não conseguiram. E 4,8 milhões desistiram de procurar trabalho.
A reportagem é publicada por Rede Brasil Atual - RBA
O país fechou o segundo trimestre com 27,636 milhões de subutilizados, termo usado pelo IBGE para definir o conjunto de desempregados e aqueles que gostariam de trabalhar mais, mas não conseguem. Um número estável diante do primeiro trimestre, mas que subiu em relação a igual período de 2017, com a taxa passando de 23,8% para 24,6%. No segundo trimestre de 2016, eram 22,651 milhões. Assim, depois de dois anos, a partir do impeachment de Dilma Rousseff, esse contingente aumentou em quase 5 milhões.
Pelos dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) Contínua divulgados nesta quinta-feira (16), isso acontece também com os desalentados, aquelas pessoas que desistiram de procurar emprego por diversas razões. Eram 4,833 milhões no final do segundo trimestre – a maior quantidade da série histórica, iniciada em 2012 –, ante 4,630 milhões no primeiro, 3,994 milhões há um ano e 3,242 milhões em 2016 – 1,6 milhão a mais em dois anos.
Os desalentados somam 4,4% da força de trabalho, também o maior percentual da série. Eram 3,7% um ano atrás. Mas chegam a 16,2% no Maranhão e a 16,6% em Alagoas. E se reduzem a 1,2% no Rio de Janeiro e a 0,7% em Santa

Como conversar e entender os eleitores de Bolsonaro?

Para especialistas, o ódio disseminado nas redes tem como pano de fundo o uso político de um afeto comum a todos: o medo
Por Carol Scorce 
Maria do Rosário e Jair Bolsonaro discutindo em audiência que tratava sobre a cultura do estupro/Marcelo Camargo/Agência Brasil
Um discurso não é apenas a fala de uma pessoa, mas o que essa fala cria em um contexto. É comum, em especial na discussão feita dentro das redes sociais, encontrar comentários que dizem respeito ao contexto político carregados de ofensas, palavrões e intimidações. É o discurso de ódio emergindo na crista de uma onda conservadora que avança em todo o mundo.
Em tempos de eleições, é oportuno falar, como pondera o professor da USP e psicanalista Cristhian Dunker, sobre a função política dos afetos. É verdade que a agressividade e o conservadorismo não são prerrogativas de apenas um ou outro político, ou do seu respectivo discurso político. Este ano, no entanto, o candidato à presidência pelo Partido Social Liberal, Jair Bolsonaro, possui a maior fatia do sermão reacionário.
A cientista política e professora da PUC-SP Rose Segurado, acredita que assim como o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, Bolsonaro responde ao fenômeno do homem comum que se viu contemplado nos espaços das novas mídias, em especial nas redes sociais, por questões que de modo geral o

Com fim da hegemonia da TV, internet pode ser decisiva nestas eleições

Especialistas avaliam que as redes terão mais peso que nunca no pleito.
Da Agência Brasil
Foto/Marcelo Camargo/Agência Brasil/Agência Brasil
As próximas eleições podem ficar para história e registrar o fim da era da televisão aberta como o principal meio de informação dos brasileiros para acompanhar a disputa de votos por cargos públicos. Especialistas ouvidos pela Agência Brasil têm como hipótese a possibilidade de a internet ter mais peso do que nunca na decisão, e mudar em definitivo, a maneira de se fazer campanha eleitoral no país.
Pesquisadores de comunicação e consultores eleitorais assinalam que os 147,3 milhões de eleitores brasileiros escolherão seus representantes sob influência inédita de conteúdos compartilhados nas redes sociais e aplicativos de mensagens instantâneas, em especial no Facebook e no WhatsApp. “Tem se especulado que esse pleito possa vir a ser a primeira eleição onde a internet assuma papel protagonista”, resume o sociólogo e cientista político Antônio Lavareda, que já trabalhou em mais de 90 eleições majoritárias (campanhas para presidente, governador e senador).
Nas plataformas da internet, diferente da televisão e do rádio, que veiculam o

quinta-feira, 16 de agosto de 2018

Subutilização da força de trabalho atinge 27,6 milhões no Brasil

As informações constam da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio Contínua (Pnad Contínua), divulgada hoje (16), no Rio de Janeiro, pelo IBGE.
Por Nielmar de Oliveira
País tem hoje 27,6 milhões de pessoas desocupadas e subocupadas por insuficiência de horas, além da força de trabalho potencial (Arquivo/Agência Brasil)
A taxa de subutilização da força de trabalho no Brasil encerrou o segundo trimestre do ano em 24,6%, o equivalente a 27,6 milhões de pessoas que se encontram desocupadas e subocupadas por insuficiência de horas, além da força de trabalho potencial. As informações constam da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio Contínua (Pnad Contínua), divulgada hoje (16), no Rio de Janeiro, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 
Estabilidade
Segundo o instituto, o resultado ficou estatisticamente estável em relação ao primeiro trimestre do ano, quando o percentual foi de 24,7%, mas registrando alta em relação aos 23,8% da taxa de subutilização da força de trabalho do segundo trimestre do ano passado.
As maiores taxas de subutilização foram verificadas no Piauí (40,6%), Maranhão (39,7%) e Bahia (39,7%), enquanto as menores ocorreram em Santa Catarina (10,9%), Rio Grande do Sul (15,2%) e Rondônia (15,5%). Já as maiores taxas

Por que a candidatura de Dilma ao Senado está sendo contestada?

Dois pedidos para barrar a candidatura da ex-presidenta ao Senado foram protocolados no Tribunal Regional Eleitoral de Minas.
Por Marina Gama Cubas 
Dilma Rousseff logo após o registro da candidatura de Lula, em Brasília/Ricardo Stuckert
Menos de 24 horas depois de esgotados o prazo de registro das candidaturas, não é só Lula que enfrenta o revés de provar a legitimidade de sua candidatura. Dilma Rousseff já tem dois processos no Tribunal Regional Eleitoral que questionam o direito dela em disputar uma cadeira no Senado por Minas Gerais. 
Um dos processos é de autoria do deputado estadual Leonardo Oliveira, do Partido Social Cristão (PSC), partido de Jair Bolsonaro. O outro foi feito por um advogado de Belo Horizonte, Mariel Marley Marra, que entrou com dois pedidos de impeachment contra Temer: uma em 2012, quando o emedebista era vice de Dilma, e outra em 2016, quando ele já ocupava a Presidência.
Os pedidos protocolados se referem ao processo de impeachment que a ex-presidente sofreu no Congresso em 2016 e que culminou na cassação de seu mandato. A decisão sobre a perda dos direitos de exercer funções públicas foi rejeitada e gerou outro imbróglio. No dia da decisão sobre o afastamento de Dilma da Presidência, o então presidente do Supremo Tribunal Federal, Ricardo Lewandowski - responsável por presidir o julgamento no Senado -, aceitou

AO CNJ, FAVRETO DIZ QUE MORO AGE COMO SE FOSSE AUTORIDADE SUPERIOR

O desembargador do TRF-4 Rogério Fraveto, que em 8 de julho determinou a soltura do ex-presidente Lula, decisão que não foi cumprida, disse, em sua defesa ao CNJ, que não é amigo do ex-presidente e afirma que tanto a PF quanto Sergio Moro desrespeitaram uma ordem judicial de instância superior; ele afirma que "estranhamente" sua ordem não foi cumprida pela carceragem do ex-presidente, "que decidiu consultar o juiz Sergio Moro, alçado a figura mitológica que combate o mal, como se fosse uma autoridade superior".
Por Brasil 247

O desembargador do Tribunal Regional Federal da 4ª Região Rogério Fraveto, que em julho determinou a soltura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e viu sua decisão ser descumprida pela Polícia Federal após uma série de contraordens, disse, em sua defesa ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ) – onde é alvo de um processo aberto para apurar o episódio – que não é amigo do ex-presidente e afirma que tanto a PF quanto o juiz Sergio Moro desrespeitaram

TCE investiga "farra das medalhas" com dinheiro público

Gestores custeavam viagens com dinheiro público.
Do TCE-PI
Dinheiro/Foto/Reprodução
O Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE-PI) investiga o uso de dinheiro público para o pagamento de passagens aéreas, hospedagem, alimentação e outras depesas em viagens de prefeitos, presidentes de Câmaras Municipais, secretários e outros gestores públicos com a justificativa de recebimento de premiações e condecorações por entidades e instituições promotoras de eventos em outros estados, principalmente em cidades turísticas. Esse é um golpe que vem sendo aplicado há varios anos e que começa a ser desmantelado.
A investigação é realizada pela DFAM (Diretoria de Fiscalização da Administração Municipal) e Dgecor (Diretoria de Gestão Estratégica da Informação e Combate à Corrupção), e compreende o período de 2014 a 2018. O diretor da Dgecor, José Inaldo Oliveira, explicou que os gestores que comprovadamente tenham efetuado pagamentos irregulares com dinheiro público serão responsabilizados na forma da lei.
Fonte: Piauí Hoje
Informações do TCE-PI
Edição: Mário Pires Santana

As eleições do desencanto e do medo

Quase 60% dos cidadãos com direito a voto ainda não sabem se irão às urnas ou anularão.
Por *Juan Arias 

As eleições brasileiras deste 2018, que despontavam como as de uma redenção da velha política para dar lugar a um novo ciclo de maior democracia e participação popular, aparecem, a menos de dois meses de ir às urnas, como as do desencanto e até do medo. E da maior incerteza desde os tempos da ditadura.
O desencanto dos brasileiros tem números: quase 60% dos cidadãos com direito a voto ainda não sabem se irão às urnas ou anularão. Até os candidatos que aparecem com maior consenso nas pesquisas apresentam, a começar por Lula, uma rejeição de 60%. É a primeira vez que, sem ele, que certamente não poderá disputar as eleições por estar condenado em segunda instância, quem lidera a corrida é um extremista de ultra-direita, ex-capitão do Exército que escolheu como vice um general da reserva defensor da ditadura militar e da tortura. E pela primeira vez disputarão as eleições mais de cem militares.
A esquerda, que tinha esperanças de recuperar o poder, depois do inferno do impeachment de Dilma e do desastre do Governo Temer, encontra-se incapaz de se unir, paralisada pela incógnita de Lula ao não desistir da candidatura, o que

Teresina, a que será que se destina?

Completando 166 anos hoje, Teresina inspira desejos que passam pelos cuidados com o meio ambiente e o futuro do seu povo.
Por Yuri Ribeiro
Ao contrário de muitas outras cidades que possuem como hino uma marcha heroica, Teresina tem um poema como canto patriótico. A letra, escrita por Cineas Santos, é uma homenagem às características que definem a capital piauiense. Seu olhar aponta três elementos essenciais para a constituição do município: o verde, os rios e o povo. Este ano, em comemoração aos 166 anos de Teresina, O DIA abordou questões e histórias relativas a esses eixos. O passado esteve ligado a eles e, agora, o futuro também.
A região onde se desenvolveu Teresina tem uma vocação para áreas verdes. A mata entre dois rios proporcionava o conforto térmico que um local no sertão nordestino precisava. O modelo português de desenvolvimento das cidades trouxe a ênfase nas praças públicas em meio ao processo de urbanização. Isso, aliado à cultura de plantações de quintais, fez de Teresina, uma cidade verde. O futuro, agora também depende da manutenção dessas áreas verdes, ameaçadas desde o início da expansão da cidade.
“No início da Capital, a gente tinha muito verde, havia uma mata circundando a cidade. O verde era essencial. Eu diria que não houve esse cuidado em

Piauí Esporte Clube celebra 70 anos de história

O Piauí Esporte Clube celebra aniversário de 70 anos nesta quarta-feira, 15 de agosto.
Por Maelson Ventura
Fundado em 1948, o clube nasceu no bairro Buenos Aires, está sendo sua primeira alcunha que logo mudou para Piauí Esporte Clube. Sediado atualmente em Teresina, capital do Estado do Piauí, o clube é chamado, carinhosamente, por seus torcedores por "Enxuga Rato", alcunha que ganhou quando o técnico Ênio Silva usava esta expressão quando a equipe dominava as partidas no tetracampeonato estadual.
O clube é pentacampeão do campeonato estadual (1966, 1967, 1968, 1969 e 1985). Entre títulos de menor expressão, conquistou a Taça Estado do Piauí (1968 e 2005), a Taça Reinaldo Ferreira (1969), a Taça Afrânio Nunes (1966 e 1969) e o Torneio Início (1966, 1969, 1972, 1980 e 1987). Atualmente, ocupa o 194˚ lugar do Ranking de Clubes da CBF.
Fonte: 180graus.com
Com informações da CBF
Edição: Mário Pires Santana

quarta-feira, 15 de agosto de 2018

Opinião: O jogo está feito

Mesmo preso, Lula permanece vivíssimo. E não terá dificuldade para levar Fernando Haddad ao segundo turno.
Por *Marcos Coimbra 
Léguas adiante de todos, o grande mestre foi Lula/Ricardo Stuckert
As peças principais foram colocadas no tabuleiro e daqui a dois meses saberemos quem foi mais habilidoso na montagem de sua estratégia. Na etapa que terminou, há pouca dúvida de que o grande vencedor foi Lula.
Ganhou ao fazer com que o sentimento de esquerda, definido de forma ampla, tenha uma representação unificada, apesar de permanecerem as candidaturas de Guilherme Boulos, pelo PSOL, e do PSTU. As pesquisas mostram que a vasta maioria de seus eleitores não hesitaria em apoiar esse representante, mesmo ainda no primeiro turno, se percebesse que era preciso.
Quem mais torcia pela candidatura de Ciro Gomes eram aqueles que desejavam que a esquerda chegasse à eleição do mesmo modo que a direita: fragmentada, mais que dividida. Ninguém questiona os méritos do pedetista, mas, em retrospecto, o que se percebe é sua incapacidade de reconhecer a força do enraizamento popular da liderança de Lula e a densidade social do PT. Achou que havia à disposição um espólio sem herdeiro e que suas qualidades pessoais o habilitavam a reivindicá-lo. Errou, apesar da simpatia com que foi visto por

HADDAD LÊ CARTA DE LULA APÓS REGISTRO: NÃO QUERO FAVOR, QUERO JUSTIÇA

"Enquanto eu estiver preso, cada um de vocês será a minha perna e a minha voz. Vamos retomar a esperança, a soberania e a alegria desse nosso grande país", diz Lula no dia do registro de sua candidatura no TSE, por meio de carta lida por Fernando Haddad, seu porta-voz e candidato a vice; "Não pretendo morrer, não cogito renunciar e vou brigar pelo meu registro até o final. Não quero favor, quero Justiça. Não troco minha dignidade por minha liberdade", diz ainda Lula; leia a íntegra.
Por Brasil 247

O porta-voz e candidato a vice-presidente na chapa do PT, Fernando Haddad, leu nesta tarde a seguinte carta escrita por Lula. O ex-presidente teve sua candidatura à presidência registrada nesta quarta-feira 15 no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em meio a uma grande mobilização popular em Brasília. "A campanha Lula presidente está na rua. Nós queremos que o Judiciário julgue a nossa candidatura na forma da lei. Agora é ir para a rua, defender Lula e seu plano de governo", declarou Haddad em entrevista após o discurso.
"QUERO QUE O POVO POSSA DECIDIR SE ME DARÁ A OPORTUNIDADE

RECONCILIADA COM O PASSADO, PARNAÍBA NÃO PODE PERDER DE NOVO O BONDE DO DESENVOLVIMENTO

Por *F. Carvalho
Sou feliz por ter nascido em Parnaíba. Me alegro com cada pequena melhoria, me emociono com cada avanço significativo. Me entristeço ao ver as mínimas derrotas, fico indignado ante um grave retrocesso. Impossível ser parnaibano ou ao menos conhecer essa cidade e não tomar partido por ela.
Nesses últimos 20 anos, tenho testemunhado e participado de momentos importantes desta cidade. Lembro que até o começo do atual milênio Parnaíba vivia envolta por uma neblina de pessimismo, talvez um trauma profundo e ainda renitente, resultante do fracasso da sua elite econômica, toda ela incompetente, que não soube transitar dos ciclos do charque e da carnaúba para as novas ondas da economia. Por longas décadas era grande o número de parnaibanos que iam embora para outros Estados em busca de empregos. A falta de oportunidades separou muitas famílias.
Só por volta de 2005 Parnaíba começou a se reconciliar com o passado. O pessimismo começou a ceder lugar à confiança, tanto dos órgãos ministeriais, quanto dos investidores. Investimentos pesados em infraestrutura (saneamento básico e habitação popular) começaram a gerar empregos e mudar a face da economia. Em seguida, um investimento público federal de grande vulto deu

Como desenvolver a coragem

Muitos até preferem negar, para parecerem mais corajosos, mas a verdade é que todo mundo já sentiu medo em alguma situação.
Por Janguiê Diniz
Medo de agir, medo de falar, medo de se arriscar em algum empreendimento. O medo é natural e inerente à natureza humana. Ele é até bom, pois nos faz agir com cautela. O que não podemos deixar é que ele nos impeça de agir. Ele não pode ser maior que sua vontade de seguir em frente. Para vencer o medo, é preciso coragem.
A coragem não é a total ausência de medo, mas é não ceder ao medo, é manter-se em movimento mesmo na insegurança. É se libertar das amarras que lhe prendem no lugar. É conseguir agir apesar do medo. Tentar fugir do medo, ou disfarçá-lo, só o torna mais forte.
Nossa cultura nos ensina que demonstrar emoções é sinal de fraqueza. O efeito prático, no entanto, é justamente o contrário: o medo e essas emoções são potencializados. Não dê tempo ao seu cérebro para criar esses argumentos. Em alguma situação que você sabe que pode ter medo, procure não pensar muito e apenas agir. Quanto mais você pensa, mais tempo o medo tem para tomar conta do seu pensamento e lhe deixar em estado de paralisia. Para desenvolver a coragem, você precisa, antes de tudo, se conhecer. Saber quais são suas

NOBEL DA PAZ DIZ A CÁRMEN LÚCIA QUE LULA É UM PRESO POLÍTICO

O Prêmio Nobel da Paz de 1980, Adolfo Pérez Esquivel, foi recebido nesta tarde pela presidente do STF, ministra Cármen Lúcia; "Falamos também sobre a liberdade de Lula. Pedi que ela tome consciência que Lula é um preso político. Reconhecido inclusive como preso político pela ONU", disse Esquivel, que entregou à ministra o abaixo assinado proposto por ele, com 240 mil nomes que pedem a indicação de Lula para o Prêmio Nobel da Paz.
Por Brasília 247

O argentino Adolfo Pérez Esquivel, prêmio Nobel da Paz de 1980, foi recebido na tarde desta terça-feira (14), pela presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia. Esquivel esteve acompanhado da jurista Carol Proner, do ator Osmar Prado e de líderes de movimentos populares. 
Esquivel falou à presidente do STF sobre a situação da América Latina e sobre o golpe parlamentar que ocorreu no Brasil em 2016, bem como sobre a condenação e prisão do ex-presidente Lula. "Disse a ela que o golpe que tirou Dilma do poder tinha como objetivo tirar Lula do caminho. E isso é uma séria

Grupo Cultural Raízes do Nordeste festeja seus 15 Anos

E mais um grande dia chegou. Nossos 15 anos, mais um sonho tornando-se realidade.
Há alguns anos reunidos em uma lanchonete projetamos, que tal fazermos nosso Baile cultural nos 15 anos? Vamos debutar todos juntos? E assim logo mais iremos celebrar essa caminhada de muitas superações e conquistas. Parabéns a cada bailarino que já passou pelo grupo desde o seu

Cocal inaugura Complexo de Lazer e Cultura com Museu Municipal

Cocal inaugura Complexo de Lazer e Cultura com Museu Municipal nesta quarta (8).
Bem vindo ao Player Audima. Clique TAB para navegar entre os botões, ou aperte CONTROL PONTO para dar PLAY. CONTROL PONTO E VÍRGULA ou BARRA para avançar. CONTROL VÍRGULA para retroceder. ALT PONTO E VÍRGULA ou BARRA para acelerar a velocidade de leitura. ALT VÍRGULA para desacelerar a velocidade de leitura.Play!
Como parte da programação do aniversário de 70 anos de Cocal, será realizada, nesta quarta-feira (8), às 16h, solenidade de inauguração do Complexo de Lazer e Cultura, localizado no centro da cidade.
O espaço conta com um Museu Municipal, sediado na antiga, e agora revitalizada, estação da estrada de ferro “Central do Piauí”; Centro de informação turística; sala do empreendedor; loja de artesanato; academia de saúde; parque infantil; pista de skate; espaço do ciclista e praça de alimentação.
Durante a solenidade de inauguração, serão realizadas visitações ao museu e outras atividades como: evento "MEXA-SE, Cocal com Mais Saúde"; grupo de

Brevíssimo resumo do desempenho dos candidatos a presidência no debate da Band

Por Alexandre De Oliveira Périgo
Cabo-Pastor Daciolo: É uma espécie de "Bolsonaro emburrecido", se é que isso é possível. Chamou Ciro Gomes de comunista e levou a medalha de zurro psicodélico da noite. Inventou, em um momento de rara inteligência e criatividade em nome de Jesus, o "petróleo manufaturado". Não chega nem a sargento de cupinzeiro.
Álvaro Dias: não se pode confiar em alguém que, como o candidato, sorri até quando deseja esfaquear seu adversário ou, pior ainda, quando deseja esfaquear todo o Brasil sugerindo Moro para ministro da justiça. Com voz de locutor de velório inovou ao adaptar o famoso jargão-relincho "querem transformar o Brasil em uma Cuba" em "quero transformar o Brasil numa Lava-Jato".
Geraldo Alckmin: adotou seu costumeiro tom didático-slow-motion para explicar tintim por tintim como destruirá o Brasil. Não coincidentemente é médico anestesista de formação; deve ter experimentado todos os tipos de anestésicos cirúrgicos durante seu curso de medicina. Fez por merecer um paredón-triplo-carpado ao ter chamado Ana "Al-Qaeda-Jazzera" Amélia de

terça-feira, 14 de agosto de 2018

História: Para relembrar a Revolta dos Malês

A sedição organizada por negros muçulmanos agitou a Bahia na primeira metade do século XIX.
Por Patrícia Soares 
Parte dos escravos era muçulmana/Reprodução "Navio Negreiro/Rugendas/
Esta é uma parte da história do Brasil, pouco conhecida e divulgada. No século XIX, havia muçulmanos no Brasil. Vieram nos navios negreiros ou tumbeiros, como também eram chamados. Escravos do oeste africano que professavam a fé islâmica.
Em 1835, Salvador tinha 65 mil habitantes, dos quais 22 mil eram africanos oriundos de Cabinda, Benguela, Luanda. Malê em iorubá significa muçulmano. Após a morte do profeta Mohammad, muçulmanos imigraram ou saíram da península arábica em missões para divulgar o islã. Estabeleceram escolas ou madrassas no Marrocos, Argélia, Tunísia, Líbia e Egito.
Em duas gerações, o islamismo tornou-se a religião predominante do Norte da África. Os líderes muçulmanos não impuseram sua língua nem sua cultura aos africanos. O islã tinha então uma natureza sincrética com características regionais mescladas.
Na Bahia, a pobreza era efervescente: 90% da população vivia em condições degradantes. Ideias libertadoras emergiam do caos social a cada minuto. Os

LULA NO NEW YORK TIMES: EU QUERO DEMOCRACIA, NÃO IMPUNIDADE

Censurado por toda a mídia conservadora brasileira, Lula é destaque nesta terça (14) no mais importante jornal do planeta, o The New York Times. O jornal publicou artigo de Lula com a a seguinte advertência aos leitores: "O ex-presidente do Brasil Luiz Inácio Lula da Silva escreveu este artigo de opinião da prisão"; o NYT deu como título: "Lula: Eu quero democracia, não impunidade" e destacou: "Há um golpe de direita em andamento no Brasil, mas a justiça prevalecerá"; leia a íntegra.
Por Brasil 247

Censurado por toda a mídia conservadora brasileira, Lula é destaque nesta terça (14) no mais importante jornal do planeta, o The New York Times. O jornal publicou artigo de Lula com a a seguinte advertência aos leitores: "O ex-presidente do Brasil Luiz Inácio Lula da Silva escreveu este artigo de opinião da prisão". O NYT deu como título: "Lula: Eu quero democracia, não impunidade" e destacou: "Há um golpe de direita em andamento no Brasil, mas a justiça prevalecerá"
A íntegra do artigo (tradução de Gustavo Conde):

NUCEPE divulga resultado da redação do concurso da Polícia Civil do Piauí

O concurso ofertou 350 vagas, sendo 250 para agente, 50 para delegado e 50 para perito.
Foi divulgado nesta terça-feira (14/08) pelo Núcleo de Concursos e Promoções de Eventos (NUCEPE), da Universidade Federal do Piauí, o resultado da prova escrita dissertativa do concurso público para perito criminal e médico legista da Polícia Civil do Piauí
O recurso contra resultado da prova poderá ser realizado na segunda-feira (20) e terça-feira (21). O Nucepe divulgará o resultado dos recursos até o dia 03 de setembro.
O concurso ofertou 350 vagas, sendo 250 para agente, 50 para delegado e 50 para perito. Foram 26 mil candidatos inscritos.
Veja também o Espelho da Prova Escrita Dissertativa - Perito Médico

‘Por que Fernando Haddad e Manuela D’Ávila vão ganhar’

Outros candidatos evocam só o passado. Fernando Haddad e Manuela D'ávila explicam acordo entre PT e PC do B nas eleições.
Por André Forastieri
Casal do PT-PC do B parece de novela/Foto/Ricardo Stuckert
Outros candidatos evocam só o passado. Fernando Haddad e Manuela D'ávila explicam acordo entre PT e PC do B nas eleições. 
Os especialistas em eleições não assistem TV aberta. Não frequentam terminal de ônibus. Não batem papo com o Claudião do posto e a Marcinha da padoca. Não assistem vídeo de funk no YouTube. Receba a newsletter do Poder 360/todos os dias no seu e-mail
No começo do ano o discurso era “a economia vai melhorar e com isso um candidato reformista, que dê continuidade ao governo Temer, terá grande chance de emplacar”. Incontáveis matérias com a palavra “retomada” no título. O mercado financeiro celebrava. Mas era só sair na rua, longe dos guetos dos ricaços, para ver o aumento das placas de “Aluga-se”. Foi muita pesquisa, muita estatística, muita teoria. E pouco pé no chão, pouca sola de sapato gasta. Por isso os experts, inclusive alguns cardeais da imprensa, erram tanto. A retomada não veio, a pauta de Temer foi rejeitada. O próprio FHC disse com todas as palavras: “Quem for o candidato do mercado vai perder”.
Em uma única coisa os experts acertaram, inicialmente: o eleitor em 2018 quer o novo. Mas depois voltaram atrás. Quando Luciano Huck, Joaquim

Jovem do Piauí assume cargo em grupo empresarial na Índia

Recém-formado em Administração/FGV pelo Centro Universitário Uninovafapi, Lucas Gentil já ganhou o mundo.
O jovem de 28 anos, natural de Teresina, acaba de ser contratado como coordenador de relações corporativas da NRM International, grupo multidisciplinar de empresas focadas no setor imobiliário e financeiro, na Índia.
Lucas conta que estudar no Centro Universitário foi fundamental para que ele buscasse uma carreira fora do país. “O curso de Administração me treinou para o mundo porque não tinha uma visão apenas local e fui incentivado para aplicação da Administração no ambiente macro. Esta visão me incentivou a atuar fora do país”, explica.
A trajetória do egresso iniciou em 2014, quando foi para a França atuar na área de Logística. Em 2015, o ex-aluno foi destaque no Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) e recebeu do Uninovafapi, como premiação, um voucher para bilhete internacional, que ele utilizou para viajar para a Índia, onde trabalhou como voluntário por dois anos produzindo relatórios sobre a desigualdade social no país. Após contato com empresários da região, ele assumiu a função de trainee na NRM Internacional, onde agora segue

Aumenta a pobreza e a extrema pobreza no Brasil

"O Brasil não deve cumprir o objetivo 1 dos ODS – Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, que trata da “Erradicação da Pobreza” e que estabelece: “Acabar com a pobreza em todas as suas formas, em todos os lugares” até 2030.
Fonte: EcoDebate
Em vez de cair, o número de pobres e de indigentes (extrema pobreza) subiu, escreve José Eustáquio Diniz Alves, doutor em demografia e professor titular do mestrado e doutorado em População, Território e Estatísticas Públicas da Escola Nacional de Ciências Estatísticas – ENCE/IBGE, em artigo publicado por EcoDebate, 13-08-2018.
Eis o artigo.
A economia brasileira vive a sua mais longa e mais profunda recessão da história republicana. Um dos resultados é o aumento da pobreza e da extrema

UNINASSAU completa 15 anos de história

Centro Universitário celebra trajetória marcada por conquistas e reconhecimento. 
Por Janguiê Diniz
A UNINASSAU completa 15 anos de fundação com representação em mais de 50 cidades, nas formas de ensino presencial e EAD. Com trajetória marcada por conquistas, premiações e trabalho em prol das comunidades, a Instituição firmou-se como uma das principais marcas em ensino superior das regiões Norte e Nordeste do Brasil.
Inicialmente pensada para ser uma faculdade de Direito, a Faculdade Maurício de Nassau foi fundada em 2003, no Recife, com 500 alunos e ofertando seis cursos – Administração, Jornalismo, Publicidade e Propaganda, Gestão de Sistemas de Informação, Turismo e Direito – e com a missão de “ser uma instituição educacional formadora de cidadãos competentes, qualificados e preparados para o mercado de trabalho, imbuídos de responsabilidade social e compromissados com a preservação da cultura nacional e com o desenvolvimento sociocultural do Brasil”.
O slogan da primeira campanha, que faz parte da própria marca, é mantido até hoje. “Fazendo parte da sua história” não foi apenas uma frase de impacto, mas é a proposta da Faculdade Maurício de Nassau para cada um de seus alunos. “A UNINASSAU é fruto de um sonho e o resultado de muito trabalho e dedicação. Ela foi pensada em cada detalhe e o apoio de cada profissional que nos ajudou a