sexta-feira, 24 de julho de 2015

Radioamadores chegam a Parnaíba para competição internacional

O radioamadorismo, ou Serviço de Amador é um praticado em quase todos os países do mundo por pessoas habilitadas e licenciadas por autoridades, para a intercomunicação e estudos técnicos sem motivo de lucro. Os radioamadores entram em ‘cena’ toda vez que acontece uma catástrofe, um grande acidente e os meios de comunicação mais modernos falham.
Apaixonado pelo que faz, Nelson de Almeida explica a especificação do termo radioamador, que muitas vezes é confundido, já que algumas pessoas associam ao aparelho, mas na verdade se trata da pessoa que manipula o rádio e faz as operações.
Radioamadores da capital, da equipe Teresina Dx Group vieram a Parnaíba e escolheram a praia da Pedra do Sal para realizar atividades referentes a competição que inicia neste sábado (25/07). O Teresina DX Group iniciou a DXpedition para a Ilha de Santa Isabel (IOTA SA 025 DIB PI-01) na costa do litoral do Estado do Piauí, nordeste do Brasil. De acordo com Almeida, outro ponto importante sobre radioamadores é a existência do cartão QSL, que é considerado o cartão de visita de um radioamador. Serve para registrar cada primeiro contato e para comprovar a participação em várias modalidades de competições; para receber certificados internacionais e outros. Enviar o cartão QSL, quando do primeiro contato com um colega de rádio, é ética operacional.
A DXpedition ocorrerá em paralelo com o IOTA CONTEST 2015, nos dias 25 e 26 de julho de 2015 a partir das 9h (12h UTC), cujo o objetivo do concurso é promover contatos entre estações IOTA com o resto do mundo e encorajar as expedições às ilhas IOTA.
Na Pedra do Sal, houve o encontro dos membros do Teresina Dx Group e do grupo de radioamadores QAP Velho Monge de Parnaíba, que possui aproximadamente 20 participantes.
Joselito Rodrigues, também radioamador, ressaltou ainda de que maneira é realizado o contato com outros países, já que é possível realizar contato com todo o mundo e a linguagem é universal entre eles é universal, onde utilizam a língua inglesa.
Na ocasião, o radioamador mostrou um equipamento ainda muito utilizado que é o Manipulador de Telegrafia, que faz uma comunicação mais lenta, mas eficaz. Este foi utilizado no período da II Guerra Mundial.
Por Tacyane Machado
Fonte: Extra Parnaíba
Edição: Mário Pires Santana