quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

"Prisão de quadrilhas deve garantir Carnaval mais seguro no Piauí", diz delegado geral

Ao todo 29 pessoas estão presas por arrombamentos a caixas eletrônicos e assaltos a empresas.
Por Valéria Amorim

“Com as prisões dos membros dessas quadrilhas podemos garantir um Carnaval mais seguro no Piauí”, disse o delegado geral Riedel Batista. Foi deflagrada na manhã desta quarta-feira (22) a Operação Tsunami nas cidades de Teresina e Parnaíba.
Ao todo 29 pessoas estão presas por arrombamentos a caixas eletrônicos e assaltos a residências de empresários, médicos, comerciantes e empresas.
“Da quadrilha acusada de arrombamento a caixas eletrônicos nós já tínhamos 12 presos e hoje mais três foram presos. Já da quadrilha acusada de roubos cinco já haviam sido presos e hoje mais nove foram encaminhados ao sistema prisional”, disse o delegado Willame Moraes, coordenador do Greco (Grupo de Repressão ao Crime Organizado), que atuou na operação juntamente com a Delegacia Regional de Parnaíba.
Ainda de acordo com o coordenador do Greco, os membros das duas quadrilhas mantinham contato entre si, inclusive alguns deles estão reclusos no sistema prisional. “Dois deles, que são conhecidos como “gêmeos”, estão na penitenciária Irmão Guido. Eles vinham comandando a organização criminosa de
dentro do estabelecimento prisional e se articulando com outros criminosos de Parnaíba e Teresina para a realização de assaltos no litoral”, explica o delegado.
Willame Moraes afirma que a forma que os acusados usavam para manter contato com os comparsas em liberdade ainda será investigada. Além de Teresina e Parnaíba, foram registradas ocorrências em Luís Correia, Joaquim Pires, José de Freitas, Campo Maior e Picos, disse o delegado.
Operação Tsunami
A Polícia Civil do Piauí, por meio da Delegacia Regional de Parnaíba, Grupo de Repressão ao Crime Organizado (GRECO) e Núcleo de Inteligência da SSP-PI (Núcleo Parnaíba), com o apoio da Delegacia de Piracuruca, deflagrou a Operação Tsunami, nas primeiras horas da manhã de hoje (22) nas cidades de Parnaíba e Teresina.
Arma de fogo e veículos foram apreendidos. Alguns dos indivíduos estão envolvidos ainda em crimes de estouros de caixas eletrônicos ocorridos na cidade de Luís Correia. As diligências iniciaram há cerca de dois anos, e a ação teve como foco principal desbaratar uma organização criminosa voltada a realização de assaltos a residências de empresários, médicos, comerciantes e empresas. Pela coincidência entre alguns dos alvos investigados surgiu à necessidade de deflagrar a operação em conjunto e simultaneamente nas cidades de Parnaíba e Teresina para não prejudicar a eficácia das medidas.
Veja abaixo fotos:
Fonte: Portal AZ
Edição: Mário Pires Santana