quinta-feira, 2 de março de 2017

Motoristas enfrentam 15 km de congestionamento na volta do feriado prolongado

Como era de se esperar, a volta para casa após o feriado prolongado de Carnaval foi demorada. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), na BR-343, entre os municípios de Teresina e Altos, o congestionamento foi de cerca de 15 km. Motoristas relataram que gastaram mais de 2 horas para completar o trecho e chegar na Capital. 
"Com a chuva que ocorreu no início da noite, os motoristas ficaram mais cautelosos, andaram mais lentamente e com isso formaram-se congestionamentos, considerados normais. A recomendação para quem ainda vai se deslocar na quinta-feira (02) é que venham descansados. Ainda há a possibilidade de chuva e é importante que os condutores reduzam a velocidade, utilizem o para-brisa e liguem o farol", orienta Jonas Mata, policial rodoviário federal. Ele ressalta que, apesar do feriado relativamente tranquilo nas rodoviais federais que cortam o Piauí, ainda foram registrados muitos casos de imprudência no trânsito. Só em dois dias foram quatro acidentes com dez pessoas mortas. Oito delas perderam a vida na BR-135, em duas tragédias praticamente no mesmo local, em Cristalândia. "Tivemos pontos positivos, pois intensificamos a fiscalização, principalmente, no trecho entre Teresina-Luís Correia, onde teve o maior fluxo de pessoas para brincar o Carnaval. Os motoristas ficaram mais atentos, porém ainda houve muitas ocorrências de ultrapassagem, excesso de velocidade", disse Mata.
Além dos acidentes, a PRF se deparou com situações inusitadas. Em Floriano, na BR-230, um homem foi flagrado deitado na BR-230 sob efeito de bebida alcoólica. Ele estava dormindo na rodovia e tinha uma lanterna na mão. Em outro trecho, agora na BR-343, em Parnaíba, um motorista foi flagrado embriagado e, para a surpresa da PRF, quando o carro dele foi revistado, o rapaz estava com um cone da Policia Rodoviária no bagageiro do veículo. 
Por Graciane Sousa
Fonte: cidadeverde.com
Edição: Mário Pires Santana