quinta-feira, 27 de abril de 2017

Campeão do 1º turno, Parnahyba entra em campo com salários atrasados

O Parnahyba é o atual campeão do 1º turno do campeonato piauiense mas enfrenta dificuldades financeiras no segundo turno. Os jogadores entram em campo no próximo sábado com salários atrasados desde fevereiro e o caso preocupa a torcida do tubarão. Batista Filho presidente do Clube, afirmou em entrevista ao Jornal do Piauí desta quarta-feira (26) que tem trabalhado para garantir os pagamentos e admitiu as dificuldades enfrentadas pelo time.
"Eu encaro o problema de frente. Eu nunca atrasei salário até porquê para mim isso é primordial. Se a gente tem que cobrar de todos nós temos que fazer com que as coisas funcionem e isso é uma adversidade que estamos fazendo de tudo para resolver o quanto antes. Estamos buscando empréstimos, temos um dinheiro para entrar até sexta-feira nos cofres do Parnahyba e a gente está tentando resolver isso o mais rápido para ter uma condição melhor para o jogo do Flamengo e obviamente para o restante do Piauiense", afirmou o presidente. As dívidas do clube chegam a R$ 140 mil envolvendo parte dos salários de fevereiro e o salário de março, e devem aumentar com o fim do mês de abril se
aproximando. Porém para o presidente, o ânimo dos jogadores continua o mesmo e o time deve brigar por uma classificação na semifinal. 
"Queremos resolver o quanto antes essa situação. O ânimo dos jogadores continua muito grande e nós esperamos dar a volta por cima desses resultados adversos que tivemos. Esperamos buscar a classificação para ir para uma semifinal com condições de igual para igual", completou.
Por Rayldo Pereira
Fonte: cidadeverde.com
Edição: Mário Pires Santana