quarta-feira, 26 de abril de 2017

Greve dos aeroviários pode prejudicar decolagens de voos em Teresina

Categoria anunciou adesão à greve geral do dia 28. Atividades como check-in e procedimentos de embarques devem ficar suspensas por 24 horas.
Por Maria Clara Estrêla

Outra categoria que também anunciou adesão à greve geral da sexta-feira (28) foi a dos aeroviários – funcionários dos aeroportos e do transporte aéreo. A informação foi confirmada pelo Sindicato Nacional dos Aeroviários (SNA) e deve ter consequências em Teresina, afetando a decolagem de voos, já que estes profissionais atuam em atividades como check-in e procedimentos pré-embarque. De acordo com a assessoria do Sindicato, a categoria não tem uma reivindicação exclusiva, mas protesta contra as reformas trabalhistas, reforma da Previdência e a Lei das Terceirizações, assim como os profissionais de outras áreas. No entanto, os aeroviários chamam atenção para a abertura dos aeroportos brasileiros para o investimento estrangeiro.
                   Foto/Assis Fernandes/O Dia
No mês passado, o Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil anunciou o leilão dos terminais aeroportuários de Salvador, Fortaleza, Porto Alegre e Florianópolis. Para o Sindicato dos Aeroviários, isso se configura como uma retirada de direitos trabalhistas e não deve ser ignorado. Com a paralisação dos aeroviários poderão ficar prejudicados os serviços de check-in, emissão de passagens, despaches de bagagens e cargas, e a manutenção e preparação de aeronaves para embarque. O Portalodia.com entrou em contato com a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) para saber sobre a possível alteração nos voos e prováveis cancelamentos, mas até o fechamento desta matéria, a reportagem não obteve retorno.
Fonte: Portalodia.com
Edição: Mário Pires Santana