terça-feira, 25 de abril de 2017

NASSAU Parnaíba promoveu a primeira edição do UNIJOFARMA

Jornada Unificada de Farmácia foi realizada entre 19 e 23 de abril e contou com palestras, minicursos e apresentações de trabalhos científicos.
Por Sariny Leão/Assessoria de Comunicação  

O UNIJOFARMA teve também a apresentação de palestras e trabalhos científicos.
Com o intuito de difundir os conhecimentos sobre as habilidades do Farmacêutico, o Centro Acadêmico de Farmácia Doutor Raul Bacellar (CAFARB) da Faculdade Maurício de Nassau em Parnaíba realizou a I Jornada Unificada de Farmácia (UNIJOFARMA). Nos dois primeiros dias, as atividades foram realizadas tanto na própria instituição quanto em laboratórios no centro da cidade. Segundo uma das organizadoras do evento, a estudante e coordenadora da CAFARB, Jacqueline Medeiros, a ideia de promover a jornada nasceu da necessidade de difundir conhecimentos e mostrar a atuação do Centro Acadêmico. “O evento surgiu para que nós do Centro Acadêmico mostrássemos nosso trabalho e para que pudéssemos nos apresentar para outros cursos, pois ainda há muitas dúvidas em quais áreas os profissionais de Farmácia podem atuar. Mostramos que o
farmacêutico não é aquele profissional que só fica atrás do balcão”, enfatiza. Dentre os minicursos disponibilizados, os congressistas puderam
escolher aprender sobre temáticas relacionadas a assuntos como farmácia hospitalar, primeiros socorros, assistência farmacêutica, análises clinicas, infecção hospitalar, os perigos do uso de anabolizantes, perícia criminal, injetáveis e farmacologia cardiovascular.
O UNIJOFARMA teve também a apresentação de palestras e trabalhos científicos com menção honrosa e premiação dos melhores artigos. De acordo com a coordenadora do curso de Farmácia da Faculdade Maurício de Nassau, Adriana Parentes, a jornada foi importante para integrar os alunos das três turmas de Farmácia, além da integração com de profissionais e acadêmicos de áreas afins. “A iniciativa dos alunos foi louvável, uma vez que trouxe para eles a experiência em organizar um evento desse porte. São jovens que estão se preparando para serem excelentes profissionais no futuro”, finaliza.
Edição: Mário Pires Santana