sexta-feira, 21 de abril de 2017

Piauiense: Parnahyba reagiu e empatou com Altos por 2 x 2

O primeiro tempo do jogo desta quinta-feira(20) no Estádio Lindolfo Monteiro foi amplamente dominado por Altos que construiu um placar de 2 x 0, mas cedeu o primeiro gol do adversário aos 44 minutos.
Foto - Elziney Santos
Na fase o time altoense, assim como o River no clássico com o Flamerngo, caiu na defesa e o Parnahyba assumiu o comando do jogo, com garra e muíta confiança para escapar da derrota, o que conseguiu. Aos 32 minutos Yerien, que havia entrado no lugar de Jânio, empatou o jogo. Somente aí Altos entendeu que precisava jogar para não ser derrotado e foi ao ataque, mas ficou mesmo no placar de 2 x 2.
Ficha técnica de Altos 2 x 2 Parnahyba:
Local - Estádio Lindoldo Monteiro.
Primeiro tempo - Altos 2 x 1, gols de Joelson aos 11 minutos, concluindo jogada iniciada por Dos Santos; Joelson aproveitando escanteio cobrado por Esquerdinha, fazendo 2 x 0; Tiago Granja para o Parnahyba aos 44 minutos. O goleiro Rogrigo falhou ao tentar a defesa.
Segundo tempo - Parnahyba 1 x 0, gol de Yerien aos 32 minutos, concluindo jogada de Tiago Granja.
Placar final - empate de 2 x 2.
Altos - Rodrigo; Dos Santos, Vítor Salvador, Marcelo e Tiaguinho; Marconi, Wágner, Esquerdinha(Patrick) e Tavares (Chiquinho); Manoel (Mauro) e Joelson. Técnico - Paulinho Kobayashi.
Parnahyba - Alex; Tiago Granja, Gilmar Bahia, Renan e Berg; Ramon, Gasolina, Tininho e Doda(Dênis);Jânio (Yerien) e Fabiano(Daivison). Técnico - Fernando Tonet.
Árbitro - Antônio Santos Nunes; Assistentes - Tiago Costa Leitão e Álisson Lima Damasceno; 4º árbitro - Ydeilon Hélton Alves Lima.
O jogador Doda, do Parnahyba, deixou o campo no segundo tempo com suspeita de fratura nas costelas e foi levado a um hospital de Teresina.
CLASSIFICAÇÃO NO CAMPEONATO PIAUIENSE
Altos - 10 pontos; River - 08; 4 de Julho - 08;Piauí - 07; Parnahyba - 05; Flamengo - 03 e Picos com zero ponto.
PRÓXIMOS JOGOS
Sábado - Picos x Piauí
Domingo - Parnahyba x River
Segunda-feira(24) - Flamengo x Altos
Por Dídimo de Castro
Fonte: cidadeverde.com
Edição: Mário Pires Santana