sábado, 26 de agosto de 2017

Em Teresina, Macalé dedica show a Torquato e Melodia

O cantor e compositor Jards Macalé já está em Teresina e confirmou ao cidadeverde.com que fará um show, na noite deste sábado (26), dedicado a Luiz Melodia e Torquato Neto
"São dois grandes companheiros meus. Vou cantar músicas minhas, que fiz com Torquato Neto, e outras do meu repertório geral, incluindo canções de Luiz Melodia", afirmou o cantor. Jards Macalé encerra hoje o Festival de Teatro Lusófono, organizado pelo grupo Harém, com produção da Navilouca. O show acontecerá no Espaço Trilhos, na avenida Miguel Rosa, a partir das 22h. A entrada é um quilo de ração para cães ou gatos. 
Jards afirmou que, para 2018, está produzindo uma trilha sonora para um filme e vai participar de um circuito no exterior. Ele também está bolando um disco com o Metá Metá. O cantor também fará o lançamento da coletânea da Sony Book, na qual ele faz participação com cantores como Ary Barroso, Chico Buarque, João Bosco e Caymmi. 
"O novo disco é o estilo Macalé", adiantou o cantor. 
Em Teresina, Jards afirmou que Torquato Neto era um artista "incrível e profundo" e disse que o Brasil precisa conhecer, não só Torquato, mas outras pessoas que estão produzindo nos estados do país. Sobre a conjuntura política atual, ele condenou grupos que estão defendendo a volta da didatura e disse que hoje "o país vive com políticos de merda". "O Brasil poderia ser independente, tem seus minerais, vegetais, tem uma humanidade brasileira tão mestiça, misturada, forte, que vivem num país genial como este, mas existem muitos políticos de merda".
Ele encerrou a fala com a frase: "Abaixo a didatura". 
O artista, que tem 74 anos, se disse decepcionado com tudo e afirmou: "Quanta pobreza! Vamos em frente, a história continua". Por outro lado, ele ressalta que não vai se abalar com a turbulência que atinge o Brasil. "Isso não me pega. Quem passou por uma ditadura não cai nessa".
Flash de Yala Sena
Por Yala Sena
Fonte: cidadeverde.com
edição: Mário Pires Santana