sexta-feira, 25 de agosto de 2017

Parnahyba eliminado, presidente se revolta ao saber de indisciplina no elenco: “Futebol pune”

Chateado após queda na seletiva da Copa do Nordeste, Batista Filho revela mágoa com alguns jogadores e vê humilhação: "Saíram na quarta, quinta, sexta e sábado... E chegavam na madrugada".
Por Stephanie Pacheco e Renan Morais, Teresina

Como no ano passado, o Parnahyba sofreu mais uma eliminação para o CSA. Desta vez, na fase preliminar da Copa do Nordeste. A decepção é geral, mas em especial do presidente do Tubarão, Batista Filho, que segue com a desclassificação ainda indigesta. Sem ânimo para pensar na temporada de 2018, o mandatário revelou que não pretende renovar o vínculo com alguns atletas por contas de adversidades extracampo. Batista não citou nomes, mas direcionou as críticas para boa parte do elenco relacionadas a atos de indisciplina. No placar agregado, somando os jogos de ida e volta, o CSA venceu o Parnahyba por 5 a 0. - O Parnahyba não jogou nada e o futebol pune. Soube de jogadores que saíram na quarta, quinta, sexta e sábado... E chegavam na madrugada. Essa foi a pior viagem da minha vida e minha vontade era de pedir para eles ficarem por lá mesmo. Não adianta fazer as coisas erradas e depois jogar – disparou.
Revoltado, Batista não pretende renovar com boa parte de elenco que disputou pré-Nordestão (Foto: Josiel Martins)
As duas derrotas para o CSA, 1 a 0 no jogo de ida e 4 a 0 na volta, não condizem com o que o time vinha apresentando nos treinos, segundo Batista. O presidente direcionou os resultados e a desclassificação ao não comprometimento de parte do grupo. - Eu tive problemas, e não foram poucos. Vou parar e pensar se é realmente isso que eu quero. Aconteceram coisas nos dias que antecederam a partida que desmotivam a gente e eu só soube no sábado, quando não tinha mais tempo para nada. Fomos humilhados por causa deles – falou o dirigente direcionando a alguns jogadores.
Parnahyba perde de goleada para o CSA pelo Pré-Nordestão
Apesar da eliminação, o Parnahyba deve receber uma cota de participação e o valor gira em torno de R$250 mil reais. Agora o Tubarão volta todos os olhares e atenções para a estreia do time na Copa Piauí, no domingo, contra o Piauí. A partida do torneio sub-21 está marcada para às 17h, no estádio municipal Pedro Alelaf.
Fonte: G1/PI
Edição: Mário Pires Santana