sábado, 5 de agosto de 2017

Piauí vai instalar a maior usina de energia solar da América Latina

Reunião com executivos da italiana Enel S.P.A/Foto: Surpi
O Piauí terá a maior usina de energia solar da América Latina, a Nova Olinda, localizada nos municípios de São João do Piauí, Brejo e Ribeira do Piauí. Em reunião nessa quinta-feira (3), em Brasília, com os diretores da empresa italiana de geração de energia, Enel S.P.A, por meio da subsidiária Enel Green Power Brasil Participações Ltda, o governador Wellington Dias acertou uma visita às instalações da usina para o fim do mês de agosto.
Wellington explicou que a agenda já estava organizada para o próximo dia 07, mas, após entendimentos, foi adiada. "A nova data será definida e divulgada em breve, mas ocorrerá entre os dias 20 e 30 de agosto. Essa mudança visa à finalização dos últimos detalhes. Queremos contar com a presença de toda a bancada e dos envolvidos nesta conquista. O lado bom dessa remarcação é que observamos a posição da empresa em tratar o Piauí como prioridade e, nesta reunião, demonstrou a intenção de novos investimentos", ressaltou Dias.
"Iremos inaugurar ainda este ano a maior usina de energia solar da América Latina. Existe a possibilidade da ampliação dos investimentos no Piauí. A empresa também quer trabalhar uma experiência integrada de energia eólica e
solar, sendo o Piauí o escolhido para receber os investimentos", ressalta o governador.
Quando concluída, a Nova Olinda será a maior da América Latina, com 292 megawatts em capacidade. O investimento total será de US$ 300 milhões (quase 1 bilhão de reais no câmbio atual), trazendo desenvolvimento e gerando emprego e renda.
Fonte: Piauí Hoje
Informações: CCom
Edição: Mário Pires Santana