terça-feira, 29 de agosto de 2017

Servidores estaduais protestam por reajuste salarial

Secretaria de Administração do Piauí/Foto/Reprodução/google
O Sindicato dos Servidores da Saúde Pública do Estado do Piauí (Sindespi) fez um protesto nesta segunda-feira, 28, na frente a Secretaria de Administração (SEAD), localizada no Centro Administrativo, zona Sul de Teresina. Os servidores tentaram agendar reunião entre o Sindespi e as secretarias de Administração e de Saúde para tratar de pauta de reivindicações da classe.
Segundo a presidente do Sindespi, Edina Martins, o Sindicato tenta avançar nas negociações sobre a pauta de reivindicações mas, segundo ela, há um "jogo de empurra" de uma secretaria para outra, enquanto a classe aguarda respostas para demandas que afetam os servidores em todo o Estado. Na manifestação de hoje, a reivindicação era por reajuste salarial, reenquadramento dos administrativos e dos profissionais de saúde; promoção e progressão, descongelamento do adicional de insalubridade, auxílio transporte e o pagamento do vencimento Classe 01 padrão A para os prestadores de serviço conforme Plano de Carreira dos efetivos.
Os diretores do sindicato denunciam ainda que no dia 3 de agosto deste ano, o governo do Estado concedeu aumento para os médicos, deixando de lado toda a categoria de servidores saúde.
Fonte: Redação/Piauí Hoje
Edição: Mário Pires Santana