segunda-feira, 4 de setembro de 2017

Magistrados e servidores do TJ/PI possuem 2º pior índice de produtividade

No Piauí, segundo a publicação, são baixados 1.010 processos por magistrado a cada ano, ficando à frente apenas do Rio Grande do Norte.

Os juízes e servidores do Tribunal de Justiça do Piauí possuem o segundo pior índice de produtividade do país, entre os tribunais de pequeno porte. Os dados estão no Justiça em Números 2017, divulgado ontem (4) pelo Conselho Nacional de Justiça. O relatório se baseia nas informações de 2016. A produtividade dos magistrados e dos servidores é calculada pela relação entre o volume de casos baixados (solucionados) e o número de juízes e servidores.
Resultado do IPC-Jus de cada tribunal da Justiça Estadual. (Foto/Divulgação/CNJ)
No Piauí, segundo a publicação, são baixados 1.010 processos por magistrado a cada ano. No Mato Grosso do Sul, por exemplo, que também é de pequeno
porte, são baixados 1597. O Piauí está à frente apenas do Rio Grande do Norte. Já em relação aos servidores, o Tribunal de Justiça do Piauí também é o penúltimo em produtividade. De acordo com o Justiça em Números, são baixados 74 processos por servidor, ao ano. O TJPI fica à frente apenas do Tribunal de Justiça do Acre, onde o número de processos baixados por servidor é de 69. A produtividade de servidores entre os tribunais de pequeno porte é liderada pelo Amazonas.
Na comparação geral com os demais tribunais, com índice de produtividade de 59%, o TJPI fica empatado com o Tribunal de Justiça de Alagoas. 
Por: João Magalhães - Jornal O Dia
Fonte: Portalodia.com
Edição: Mário Pires Santana