sábado, 21 de outubro de 2017

Piauiense é destaque no Prêmio Professores do Brasil

Por Joely Rocha e Lívia Barradas

Adalgisa Maria de Oliveira, professora de matemática da Unidade Escolar Antonio Gentil Dantas Sobrinho, do município de Pimenteiras, conquistou o primeiro lugar, na etapa estadual, no "Prêmio Professores do Brasil", categoria Ensino Médio. A ação é uma iniciativa do Ministério da Educação, junto a instituições parceiras, para reconhecer o trabalho de quem inova no ambiente escolar e destacar experiências pedagógicas inovadoras da rede pública de ensino.
O projeto vencedor "Menos Agrotóxicos e Mais Saúde: compartilhando ideias para uma alimentação segura", foi elaborado pela professora Adalgisa e executado pelos alunos do 2º ano do Ensino Médio, também com a colaboração da professora Jamilia de Moura. "A nossa idéia foi trabalhar a matemática voltada ao cotidiano, abrangendo a interdisciplinaridade e o uso das novas tecnologias da informação para solucionar problemas reais encontrados pelos
alunos no que se refere ao uso de agrotóxicos e suas conseqüências para o solo, meio ambiente e saúde", explicou a professora.
Os alunos realizaram pesquisas de campo, montaram palestras e cartilhas conscientizando os agricultores sobre a agricultura orgânica. O trabalho envolveu ainda a criação do blog nosso alimento.com, que contém fotos, entrevista com agricultores, vídeos, dicas de saúde, manuseio e higienização de alimentos.
"Vencer essa etapa do Prêmio Professores do Brasil é uma grande motivação para mim e para os alunos, além de ter o nosso trabalho reconhecido e ter o mérito de representar o nosso Estado na próxima etapa. Através do projeto os meus alunos puderam desenvolver diversas habilidades em todas as áreas do conhecimento e conseguiram ajudar a população da cidade a ter uma alimentação mais saudável", concluiu Adalgisa.
O Prêmio está em sua 10ª edição e convidou todos os professores de escolas públicas da educação básica a se inscreverem, enviando um relato de prática pedagógica desenvolvida com seus alunos. Os participantes concorreram em seis categorias: creche -educação infantil; pré-escola- educação infantil, ciclo de alfabetização: 1º,2º e 3º anos; 4º e 5º anos - anos iniciais do ensino fundamental; 6º e 9º ano - anos finais do ensino fundamental e ensino médio.
Além do projeto da professora Adalgisa, que venceu a categoria Ensino Médio, o Piauí teve dois outros destaques, com os relatos "Na adolescência, não faça filho(s), leia livros!", da professora Lessandra Ribeiro, da Escola Técnica Estadual Prefeito João Mendes Olimpio de Melo, o Premen Norte; e "Arte da Praça", da professora Rozelita Almeida, do Centro Estadual de Tempo Integral Professor Raldir Cavalcante Bastos.
Na categoria Ensino Fundamental (anos iniciais 4º e 5º ano), a professora Hermogenes Barros Silva, da Unidade Escolar São Sebastião, município de Luís Correia foi destaque com o relato "Lendo e relendo: verso encantados". A rede pública estadual teve mais um destaque na categoria Ensino Fundamental (6º ao 9º ano) com o relato "No tempo da vovó - A voz do passado construindo o presente", da professora Rosa Luzia Ribeiro da Silva, da Unidade Escolar Lelia Silva Trindade, município Anísio de Abreu.
No final do mês de outubro serão conhecidos os 30 vencedores da seleção regional, que irão concorrer à etapa nacional.
No dia 06 de dezembro será realizada a cerimônia de premiação da 10ª Edição do Prêmio Professores do Brasil, na Praça das Artes, na cidade de São Paulo. Os seis vencedores nacionais de cada edição receberão além dos R$ 7 mil da etapa regional, mais R$ 5 mil e o troféu.
Fonte: 180graus.com
Edição: Mário Pires Santana