sexta-feira, 6 de outubro de 2017

Procurador arquiva caso contra Tubarão: "Vetar atleta de 17 anos é desproporcional"

Fabrício Carvalho, procurador da comissão disciplinar do TJD-PI, determina que notícia de infração por escalação do atacante Felipe Garcês na Copa Piauí não entre na pauta de julgamento.
Por Wenner Tito e Simplício Júnior, Teresina
Procurador do TJD-PI, Fabrício Carvalho (Foto: Josiel Martins)
O procurador da comissão disciplinar do Tribunal de Justiça Desportiva do Piauí (TJD-PI), Fabrício Carvalho, decidiu arquivar a notícia de infração contra o Parnahyba, que denunciava o clube pela escalação do atacante Felipe Garcês, de 17 anos, nos jogos da Copa Piauí. O jogador não tinha a idade mínima exigida no regulamento, que determinava inscrições de atletas nascidos de 96 a 99. Outros três atletas também atuaram na competição sem ter 18 anos. No entendimento de Fabrício Carvalho, o regulamento da Copa Piauí está em dissonância com instâncias superiores por barrar atletas da base. Com o despacho, o caso não será levado a julgamento na comissão disciplinar. - É pautada na interpretação do regulamento. Ela, não obrigatoriamente, pode ser literal. É o papel do TJD-PI de proceder uma interpretação adequada ao regulamento, adequada às normas da CBF e da Fifa. Quando constata algo que contaria algo maior, a gente tem o dever de vetar a aplicação. Nesse caso específico do regulamento da Copa Piauí sub-21, a procuradoria entendeu que o campeonato tem a finalidade maior de incentivar o esporte, de revelar talentos do futebol. Vetar um atleta de 17 anos é desproporcional - explicou Fabrício Carvalho.
Com a decisão, o caso não vai a julgamento na comissão disciplinar do TJD-PI. Porém, a denúncia pode ser levada à procuradoria-geral do pleno do tribunal, comandada por Raimundo Miranda, caso essa instância seja provocada. Contudo, não é comum existir discordância de posicionamentos entre as esferas da justiça desportiva local. A Federação de Futebol do Piauí (FFP) foi quem encaminhou a notícia de infração, motivada após questionamento do River-PI sobre o uso de Felipe Garcês.
- No tribunal nunca houve uma situação onde o procurador-geral ir contra o procurador da comissão, mas isso é possível - comentou Fabrício. O Parnahyba está na final da Copa Piauí. O time azulino enfrenta na decisão o 4 de Julho. O jogo de ida está marcado para 12 de outubro, e a volta no dia 19. O torneio sub-21 tem a última rodada da fase de classificação no fim de semana apenas para cumprir tabela: Flamengo-PI e Piauí jogam sábado, às 16h, no Lindolfo Monteiro. Logo depois, o River-PI recebe o 4 de Julho.
Felipe Garcês, Parnahyba (Foto: Blog do Jonys)
Fonte: G1/PI
Edição: Mário Pires Santana