quarta-feira, 4 de outubro de 2017

Sefaz divulga lista completa dos ganhadores do 25º sorteio da Nota Piauiense

Por Jordana Cury

A Secretaria Estadual da Fazenda (SEFAZ) divulgou nesta quarta-feira (04) a lista completa dos ganhadores do 25º sorteio da Nota Piauiense. No dia do sorteio, na última sexta-feira (29), já foram anunciados os dois ganhadores do último sorteio da Nota. O primeiro prêmio, de R$ 50 mil, saiu para o aposentado, de 64 anos, Raimundo Fortes de Cerqueira Filho, que mora no município de Guadalupe.
“Graças a Deus recebemos esse prêmio, somos crentes e temos muita fé. Sabemos que a Nota Piauiense não é um jogo e serve para ajudar o Estado a arrecadar mais imposto. Então, acreditamos que esse é um prêmio de Deus”, afirma Raimundo, que acrescenta que fez o cadastrado em uma lan house quando veio a Teresina. O aposentado diz que o prêmio de R$ 50 mil vai servir para ajudar a custear as despesas com o filho mais novo, de 20 anos, que conseguiu ingressar, por meio do Fies, no curso de Medicina, em Cascavel, no Estado do Paraná. “Sou aposentado e o salário que ganho hoje não é mais o mesmo para manter meus três filhos. Então decidimos mandar esse dinheiro para ajudar o nosso filho caçula a concluir o curso, pois ainda faltam quatro anos e meio para terminar. Ele vai precisar para custear as despesas com moradia, alimentação, etc”, declara Raimundo de Cerqueira Filho.
Ariana Cronemberger de Negreiros Barjud, que é a ganhadora do segundo maior prêmio do 25º sorteio da Nota Piauiense, dos R$ 20 mil, também já sabe onde vai investir. Ela fez o cadastro assim que a campanha Nota Piauiense começou a ser divulgada e já ganhou três vezes no programa. “Ganhei R$ 100, R$ 500, já resgatei R$ 42 em crédito e ainda tenho mais de R$ 90,00 para receber de crédito, mas não esperava ganhar R$ 20 mil. Esse prêmio veio em boa hora, estamos indo embora, morar em Uberlândia (MG), porque o meu filho passou no vestibular para Engenharia Aeronáutica, aí consegui minha transferência para lá, então vai ajudar a fazermos essa mudança”, afirma Ariana, que é analista do Ministério Público do Trabalho.
Adriana ainda comentou que fez a inscrição no programa logo quando o programa foi lançado. “Já moramos em Campinas (SP) e tinha o mesmo programa lá, só que não tinha esses prêmios, era só o desconto no pagamento de imposto. Então, assim que soube do lançamento do programa aqui no Piauí eu fiz o meu cadastro. Vou embora, mas vou continuar vindo aqui, comprando e pedindo o CPF na Nota”, enfatiza Ariana.
Fonte: cidadeverde.com
Edição: Mário Pires Santana