terça-feira, 31 de outubro de 2017

Wellington Dias lança plano de ação do I Mutirão de Cirurgias Eletivas

Cerca de duas mil pessoas que estão na fila de espera dos hospitais da rede estadual serão atendidas.
Do Portal AZ

O governador Wellington Dias lançou, nesta segunda-feira (30), na Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), o plano de ação para a realização do I Mutirão de Cirurgias Eletivas. Cerca de duas mil pessoas que estão na fila de espera dos hospitais da rede estadual serão atendidas com a ação.
Apresentação do plano de Ação para realização do I Mutirão de Cirurgias Eletivas/Foto/ João Allbert
O Mutirão terá início na próxima semana e será executado até o fim de dezembro. "Queremos dar solução ao problema das filas para a realização de cirurgias. A partir do instante que temos profissionais qualificados, podemos garantir ações que nos permitam executar essa boa quantidade de cirurgias e ofertar os serviços de forma descentralizada", destacou o governador. 
Segundo o secretário da Saúde, Florentino Neto, os pacientes residentes nos 224 municípios do estado devem ser atendidos e serão chamados de acordo com o procedimento. "Estão previstas cirurgias gerais, pediátricas, ortopédicas e oftalmológicas, podendo ser procedimentos ambulatoriais, como aqueles que necessitam de internação hospitalar. Todos serão beneficiados", pontuou o gestor. Os 10 hospitais estão sendo preparados para realizar os procedimentos, já que o estado conta com mais de R$74 milhões para aquisição de equipamentos, oriundos de recursos de emenda parlamentar. As equipes dos hospitais já fecharam a escala de profissionais, definiram calendários e cronograma de execução. Os procedimentos serão realizados aos sábados e feriados. 
Confira os hospitais que realizarão as cirurgias: 
Hospital Estadual Dirceu Arcoverde – HEDA (Parnaíba)
Hospital Estadual de Buriti dos Lopes – HEBL. (inauguração do Hospital será em novembro)
Hospital Estadual Gerson Castelo Branco – HEGCB (Luzilândia)
Hospital Estadual Júlio Hartman (Esperantina)
Hospital Regional de Campo Maior – HECM
Hospital da Polícia Militar – HPM (Teresina)
Hospital Estadual Deolindo Couto – HEDC (Oeiras)
Hospital Estadual Teresinha Nunes Barros – HETNB (São João do Piauí)
Hospital Estadual Manoel de Sousa Santos – HEMSS (Bom Jesus)Hospital Estadual Dr. João Pacheco Cavalcante – HEDJPC (Corrente).
informações: CCOM
Edição: Mário Pires Santana