quinta-feira, 23 de novembro de 2017

PEDRO CARDOSO SAI DO AR AO VIVO DA EBC EM APOIO À GREVE E CONTRA O RACISMO

O ator Pedro Cardoso se retirou ao vivo do programa Sem Censura, no qual era um dos entrevistados, em respeito aos grevistas da EBC e contra as manifestações racistas do presidente da empresa, Laerte Rimoli, que ironizou a atriz Taís Araújo com memes de deboche; "Eu não participo de programa com a empresa estando em greve. Eu não estou a par, mas eu acredito que provavelmente essas pessoas estão com razão", disse o ator; ele criticou ainda comentários "extremamente inapropriados" contra uma colega dele feitas pelo presidente da empresa, "que é uma empresa do povo brasileiro"; após discurso indignado, o ator se retirou; assista.
Por Brasil 247
O ator Pedro Cardoso se retirou ao vivo da EBC (Empresa Brasil de Comunicação) nesta quinta-feira 23 em apoio à greve dos funcionários e contra o deboche racista feito pelo presidente da empresa, Laerte Rimoli. Após um discurso indignado, Cardoso anunciou que não dará mais nenhuma entrevista à EBC e se retirou do programa Sem Censura, no qual participava como entrevistado. Ele disse aos outros participantes do programa ter "imenso respeito" por eles e pediu desculpas. "Eu não participo de programa com a empresa estando em greve. Eu não estou a par, mas eu acredito que provavelmente essas pessoas estão com razão", declarou.
Ele criticou duramente a manifestação feita por Rimoli no Facebook, onde publicou memes debochando de um discurso da atriz Taís Araújo contra o racismo.
Foram comentários "extremamente inapropriados" contra uma "colega minha" feitas pelo presidente da empresa, "que é uma empresa do povo brasileiro", afirmou Cardoso.
Edição: Mário Pires santana

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade de seus autores, e não refletem, de maneira nenhuma, a opinião do redator deste portal.