quarta-feira, 20 de dezembro de 2017

Atração de investimentos e encontro nacional em Parnaíba estão no cronograma da ZPE para 2018

A conclusão da última etapa de obras e alfandegamento da Zona de Processamento de Exportações do Estado do Piauí (ZPE Parnaíba), divulgação de oportunidades de investimentos e encontro anual em Parnaíba das empresas administradoras das ZPEs brasileiras, estão no cronograma de atividades definidas pelo governador Wellington Dias. Em reunião na manhã desta terça-feira(19) com a secretária executiva do Conselho das Zonas de Processamento de Exportação(CZPE), Thaise Dutra, o presidente da ZPE Parnaíba, Paulo Cardoso, secretários estaduais e técnicos dos governos estadual e federal.
“Até o mês de março teremos um cronograma de atividades com embaixadas de vários países e câmaras de comércio exterior”, anunciou o governador se referindo às ações de atrações de investimentos. Ele também assegurou que até o mês de junho de 2018 será concluído o processo de alfandegamento, com conclusão das obras finais e instalação dos equipamentos em conformidade com as exigências da Receita Federal.
Os anúncios foram feitos em reunião no Salão Azul do Palácio de Karnak, com a presença também do coordenador geral de planejamento, normas e fiscalização do CZPE, Leonardo Santana; do secretário estadual de saúde, Florentino Neto; do presidente do Conselho de Administração da ZPE Parnaíba, Franzé Silva; do secretário estadual de planejamento, Antônio Neto; do diretor administrativo e financeira da ZPE, Carlos Teles; do diretor técnico da ZPE, Dinarte Porto; e do membro da equipe técnica da ZPE João Câncio Neto.
A secretária executiva Thaise Dutra propôs ao governador ações conjuntas do CZPE, do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços(MDIC) e governo do Piauí voltadas à atração de investimentos, seja para dentro do recinto alfandegado da ZPE ou mesmo para outras áreas do Estado. Wellington Dias determinou o início do planejamento das atividades e ressaltou o potencial exportador do Piauí nas áreas que integram o perfil industrial da ZPE, todos ligados ao agronegócio, além de oportunidades na área da aquicultura, pesca e carcinicultura em diversas regiões do Estado.
A ZPE Parnaíba já tem uma empresa em funcionamento, a Agrocera, que em pouco tempo de atividade assumiu lugar de destaque nas exportações piauienses, com mais de 300 toneladas de cera de carnaúba. Outra indústria exportadora se encontra em processo de implantação, além de vários projetos industriais aprovados ou em análise no CZPE.
Segunda reunião, realizada no escritório de Teresina da ZPE Parnaíba
Fonte: a24horas
Edição: Mário Pires Santana

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade de seus autores, e não refletem, de maneira nenhuma, a opinião do redator deste portal.