segunda-feira, 25 de dezembro de 2017

Papa pede paz em Jerusalém e solução com 'dois Estados'

"Rezemos para que entre as partes envolvidas prevaleça a vontade de retomar o diálogo e, finalmente, chegar a uma solução negociada".
Da Folhapress
Em sua mensagem de Natal, o papa Francisco pediu paz em Jerusalém e rezas para "alcançar uma solução que permita a coexistência de dois Estados".
"Neste dia de festa, invocamos o Senhor pedindo paz para Jerusalém e para toda a Terra Santa".
"Rezemos para que entre as partes envolvidas prevaleça a vontade de retomar o diálogo e, finalmente, chegar a uma solução negociada, permitindo a coexistência pacífica de dois Estados", disse nesta segunda (25).
"Que o Senhor também sustente os esforços de todos aqueles membros da comunidade internacional, movidos de boa vontade, que desejam ajudar essa terra martirizada a encontrar o entendimento, a justiça e a segurança que espera há tanto tempo". Em seu discurso na praça São Pedro, no Vaticano, o pontífice ainda abordou a situação da Venezuela. Pediu um "diálogo sereno" pelo "bem de todo o querido povo venezuelano." A citação foi feita no dia seguinte à liberação de 36 opositores do governo presos, após decisão da Assembleia Constituinte da Venezuela.
Na mensagem proferida diante de milhares de fiéis, Francisco alertou contra "os ventos da guerra" e um "modelo de desenvolvimento caduco que segue provocando degradação humana, social e ambiental". E pediu que "aumente a confiança mútua" na península coreana, "pelo bem do mundo todo".
Fonte: Portaodia.com
Edição: Mário Pires Santana

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade de seus autores, e não refletem, de maneira nenhuma, a opinião do redator deste portal.