quarta-feira, 20 de dezembro de 2017

Rally Cerapió beneficia economia da região e já movimentou mais de R$ 89 mi

O Cerapió também integra o calendário de eventos da crônica esportiva brasileira e mundial e o com isso atrai toda imprensa especializada.

O Rally Cerapió não se resume às aventuras e emoções do off-road. A prova também fortalece a economia da região, ao ocupar hotéis, restaurantes, bares e empresas de outros setores instaladas nas cidades que integram o roteiro da prova. Anualmente, o evento mobiliza caravanas compostas por milhares de pessoas que já injetaram mais de R$ 89,5 milhões na economia local nestas três décadas. Toda essa movimentação é gerada através da participação de pilotos, navegadores, atletas e equipes de apoio que juntos somam-se mais de 1 mil pessoas envolvidas nos dias de evento. Em 2017, foram mais de 550 representantes de 24 estados brasileiros que movimentaram 5 mil leitos da rede hoteleira, 15 mil refeições em restaurantes e bares, e mais de 60 mil litros de combustível consumidos durante a prova e abastecidos em postos entre os estados do Ceará e Piauí. 
Para o secretário de Estado do Turismo, Flávio Nogueira Júnior, o evento coloca o nome do Piauí no cenário nacional e internacional. "O Governo do Piauí sente orgulho em participar do Cerapió. Receber e constatar o sucesso da grandiosidade do evento nos deixa muito feliz, já que este movimenta a economia do nosso Estado. Além de tudo, destaca nosso turismo, que entre o roteiro inesquecível e contagiante, utilizam parte das Rota das Emoções", reitera o gestor.
Em uma das pousadas de Barra Grande, vilarejo conhecido internacionalmente por ser ideal para prática do kite surf e situado em Cajueiro da Praia (PI), todos os 94 leitos, de 25 chalés, já estão ocupados para o Cerapió. "Geralmente, por volta do final do mês de janeiro já temos uma queda no movimento, mas com o Cerapió iremos manter a mesma média de capacidade que temos no período de réveillon e que coincide com as férias", afirma Danielle Lacet, assessora de comunicação da Pousada BGK. 
Nesta história também está registrada a participação de competidores de outros países como Estados Unidos, Itália, Portugal, Argentina, França, Chile , Suíça e Japão. “Foram mais de 15 mil pessoas entre pilotos, navegadores e atletas que contribuíram para movimentar a economia durante este anos. Por isso costumamos dizer que o Cerapió vai muito além de um rally, pois é um evento que aquece a nossa economia e ainda realiza ações sociais”, informa Erhlich Cordão, diretor-geral do rally. 
O Cerapió também integra o calendário de eventos da crônica esportiva brasileira e mundial e o com isso atrai toda imprensa especializada. Anualmente mais de R$ 10 milhões de reais em mídia espontânea, o que garante um majestoso retorno de imagem aos patrocinadores envolvidos. Na edição comemorativa dos 30 anos de prova, foram mais de 20 jornalistas expondo para o mundo a potencialidade do evento e da região. 
EDIÇÃO 2018 
A produção do evento, liderada pela Radical Produções, está em fase de últimos ajustes para que acontece entre os dias 23 a 27 de janeiro de 2018 com largada em Trairi (CE) com chegada em Teresina (PI) com roteiro de mais de 1 mil quilômetros cruzando três cidades do Ceará e quatro do Piauí. As inscrições continuam abertas até o dia 15 de janeiro. 
O evento é reconhecido como uma das maiores provas off Road da América Latina e única no mundo que reúne em uma mesma competição várias modalidades distintas: Motos, carros 4x4, Quadriciclos, UTV’s e Bikes, nas modalidades de regularidade e velocidade.
O Cerapió 2018 tem patrocínio da Caixa Econômica Federal, Petrobras, Governo do Estado do Piauí e Honda Consórcio; apoio da Audax e Prefeitura de Teresina; e colaboração da Michelin. 
Fonte: 180graus.com
Com informações da Ascom
Edição: Mário Pires Santana

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade de seus autores, e não refletem, de maneira nenhuma, a opinião do redator deste portal.