quinta-feira, 4 de janeiro de 2018

Campo Maior PI I Usada para emagrecer, "noz da Índia" pode ter causado morte de mulher

Por Amanda Santos

Médicos em Campo Maior investigam se a morte da universitária Raquel Delmiro, de 31 anos, está associada ao consumo da semente de "noz da Índia", usada pela estudante para emagrecer. Ela sofreu uma parada cardíaca minutos depois de dar entrada no Hospital Regional com problemas na respiração.
Segundo o Portal de Campo Maior, Raquel havia apresentado quadro de mal estar antes, e chegou a realizar exames em Teresina, cujos resultados foram normais.
Vizinhos afirmaram que a universitária usava a noz há meses. Na noite de ontem ela novamente passou mal e foi levada para o hospital, quando sofreu uma parada cardíaca. Os médicos tentaram reanimá-la, mas Raquel acabou morrendo.
O corpo da estudante está sendo velado no Bairro São Luís. Conhecida pelas propriedades laxativas, e por isso usada como substância associada ao emagrecimento, a noz da Índia causa hipotensão. 
No ano passado, a toxicidade e a ocorrência de óbitos no Brasil relacionadas ao consumo da noz fez com que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibisse a comercialização, fabricação, importação e distribuição da semente.
Fonte: 180graus.com
Edição: Mário Pires Santana

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade de seus autores, e não refletem, de maneira nenhuma, a opinião do redator deste portal.