domingo, 18 de fevereiro de 2018

WhatsApp lançará serviço de transferências de dinheiro

A declaração desta sexta-feira marca o lançamento oficial do novo serviço do WhatsApp, conforme a NPCI, órgão criado pelo banco central.
Do UOL 
                        Whatsapp/Foto/Olhar Digital
O WhatsApp lançará um serviço de transferência de dinheiro na Índia, seu maior mercado, após um teste envolvendo um milhão de usuários, disse a National Payments Corp of India (NPCI). A declaração desta sexta-feira marca o lançamento oficial do novo serviço do WhatsApp, conforme a NPCI, órgão criado pelo banco central e bancos para supervisionar serviços de pagamento.
O WhatsApp na semana passada testou o serviço em versão limitada na Índia, onde tem mais de 200 milhões de usuários. A ferramenta usa os números de celular dos clientes associados às contas bancárias para facilitar pagamentos e marca a primeira iniciativa global em transferências de dinheiro pela empresa controlada pelo Facebook.
Quatro bancos se juntarão à United Payments Interface (UPI) -ambiente no qual funciona o serviço de pagamentos- no WhatsApp, informou a NPCI. Atualmente, o ICICI Bank, terceiro maior banco indiano, processa as transferências de fundos no WhatsApp, segundo o aplicativo.
A popularidade do WhatsApp na Índia pode ser uma ameaça para bancos já estabelecidos, mas entra num mercado competitivo após o Google lançar um aplicativo de pagamentos no ano passado para competir com serviços locais. A economia sem papel moeda do país teve um impulso após o primeiro-ministro Narendra Modi proibir antigas notas de alto valor no fim de 2016, levando a um aumento dos provedores de pagamento online, como a Paytm, maior do país.
A Paytm, financiada por Alibaba e SoftBank, manifestou preocupação com a segurança do novo serviço do WhatsApp em comunicado divulgado nesta sextafeira.
Fonte: Redação/Piauí Hoje
Edição: Mário Pires Santana

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade de seus autores, e não refletem, de maneira nenhuma, a opinião do redator deste portal.