sexta-feira, 9 de março de 2018

Apenadas da Penitenciária de Parnaíba tiveram atividades especiais pelo Dia Internacional da Mulher

A Diretoria da Penitenciária Fontes Ibiapina em Parnaíba em parceria com a APAC - Associação de Proteção e Assistência aos Condenados, promoveu nos dias 08 a 09, uma série de atividades comemorativas ao dia da mulher. O evento teve como objetivo oferecer para as mulheres apenadas um encontro de congraçamento onde elas tiveram várias informações para o convívio diário. 
Por Reginaldo Júnior – Jornalista SRTE/PI 1630
Alunos do Curso de Medicina da IESVAP – Liga Acadêmica da Família e Comunidade 
A programação foi desenvolvida em comemoração ao Dia Internacional da Mulher e contou com apoio de parceiros como a IESVAP – Instituto de Ensino Superior do Vale do Parnaíba, UNIRB, Igreja Universal, Igreja Católica e vários colaboradores da iniciativa. 
Egilda Ribeiro presidente da APAC em palestra
Para a Presidente da APAC, a senhora Egilda Ribeiro, o evento vai ao encontro das diretrizes da administração penitenciária, que é dar novas oportunidades aos reeducandos por meio de cursos, empregos e ressocialização. “Elas (as apenadas) têm vários benefícios, entre eles a qualificação profissional e, principalmente, a inserção nas
discussões que são travadas em relação à mulher em toda a sociedade”, pontuou. Ela falou ainda as ações apresentadas “visam à melhoria do sistema”. Disse ainda que se trata também de uma ferramenta de reintegração social, além de oportunidade para esclarecer às mulheres sobre os seus direitos. 
Diretor Fernando Caldas em palestra. 
O Agente penitenciário e Diretor do presídio, Fernando Caldas, ressaltou a importância das parcerias para a melhoria do sistema. “Que todos nós tenhamos neste dia uma oportunidade de reflexão, e que tudo o que construímos seja edificado de forma firme para não haver descontinuidade”, acrescentou ao agradecer aos parceiros pela colaboração.

Fernando ainda acrescentou que o apoio dos parceiros tem sido fundamental para a melhoria do sistema. “Se todos nós contribuirmos, a melhoria será para toda a sociedade. Os desafios do sistema são enormes, as soluções são fáceis, mas elas precisam ser perseguidas o tempo todo”, enfatizou. Durante os dois dias as apenadas tiveram palestras sobre o combate à violência doméstica e familiar; saúde da mulher; direitos das mulheres; prevenção; além de atividades de interação e realização de exames. O fechamento das atividades, no dia 9 de março, foi realizado: dinâmica de grupo, louvores a Deus, distribuição de lanches e brindes para todas.
Edição: Mário Pires Santana

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade de seus autores, e não refletem, de maneira nenhuma, a opinião do redator deste portal.