domingo, 4 de março de 2018

História: Hospital Colônia do Carpina

O Hospital Colônia do Carpina foi inaugurado em julho de 1931 com o nome de Hospital São Lázaro, e oficializado em 24 de agosto de 1931 por uma sociedade beneficente, tendo como fundador e primeiro diretor o Dr. Mirócles de Campos Veras. Foi encampado pelo Governador do Estado em 3 de janeiro de 1940.
Por Helder Fontenele

Até o ano de 1952, passaram por lá vários diretores, dentre eles, Augusto Aumax da Rocha, Diógenes Melo Rebêlo, Arnaldo Brandão, Absalão de Almeida, Edínio Martinele. No ano de 1952, iniciava-se como Diretor o Dr. Mariano Lucas de Sousa, que ficou até o ano de 1978, e nesse mesmo ano assume o Dr. Edilson Pinheiro do Egito, ficando na sua direção até maio de 1984, assumiu como Diretor o Dr. Rivaldo de Araujo Luz, que permanece no cargo até a presente data. O Hospital Colônia do Carpina, à época de sua criação, tinha por finalidade isolar os doentes de hanseníase; com capacidade para 50 pacientes. Devido a demanda já chegou a abrigar mais de 300, normalmente, havia um médico diretor e um médico assistente. A situação atual é dar assistência médica ambulatorial em Clínica Médica, Dermatologia, Ginecologia, Obstetrícia, Pediatria e Ortopedia fazendo-se internações para intercorrências dos portadores de hanseníase, bem como a orientação ambulatorial para o tratamento específico destes pacientes
No Governo de Francisco das Chagas Caldas Rodrigues, foi criada a Lei do Egresso da Colônia do Carpina, a qual dava direito a todos os pacientes que lá fossem internados, por mais de 90 dias, receberem a partir da alta, um piso salarial mínimo mensal, como aposentadoria.
Fonte: Página do Facebook do Helder
Edição: Mário Pires Santana 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade de seus autores, e não refletem, de maneira nenhuma, a opinião do redator deste portal.