quarta-feira, 14 de março de 2018

MINO CARTA: QUE ESPERAR DE UMA JUSTIÇA ALIADA AO GOLPE?

Editor da revista Carta Capital, jornalista Mino Carta diz que "a rejeição pelo STJ do pedido de habeas corpus para o ex-presidente Lula não causa a mais pálida sombra de surpresa"; "Que esperar de uma pretensa Justiça pontual aliada no golpe dos outros dois Poderes da República?", questiona; "É do conhecimento até do mundo mineral que o estado de exceção precipitado pelo impeachment de Dilma Rousseff teve e tem como objetivo central alijar Lula das próximas eleições", comenta.
Por Brasil 247
Editor da revista Carta Capital, o jornalista Mino Carta afirma em sua coluna desta semana que "a rejeição pelo STJ do pedido de habeas corpus para o ex-presidente Lula não causa a mais pálida sombra de surpresa". "Que esperar de uma pretensa Justiça pontual aliada no golpe dos outros dois Poderes da República?", questiona.
"É do conhecimento até do mundo mineral que o estado de exceção precipitado pelo impeachment de Dilma Rousseff teve e tem como objetivo central alijar Lula das próximas eleições", comenta ainda Mino Carta.
Ele escreve também que "a maior incógnita, em todo caso, é representada pelo calendário eleitoral: haverá eleições em outubro próximo?". "A única certeza é de que, sem Lula, o pleito é pura fraude", afirma.
Edição: Mário Pires Santana

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade de seus autores, e não refletem, de maneira nenhuma, a opinião do redator deste portal.