segunda-feira, 5 de março de 2018

Presidente ameaça demitir "mais da metade" no Parnahyba após empate com lanterna

As declarações do presidente Batista Filho após o jogo de sábado (3) dão a dimensão do que o empate do Parnahyba com o Flamengo em 0 a 0 foi ruim para o time do litoral.
Foto: Wilson Filho/cidadeverde.com
Em entrevista divulgada pela assessoria de imprensa do clube, Batista Filho critica a atuação dos jogadores na partida com o lanterna do campeonato e ameaçou demissão em massa caso um novo resultado ruim se repita. - A gente no amador, vê em pelada, (desempenho) muito melhor. E lhe digo mais: se quarta-feira não vier um resultado positivo, uma vitória diante do 4 de Julho, mais da metade desse time eu mando embora. Não só os de fora, mas os da cidade também. Batista Filho ainda afirmou que os salários do clube estão em dia. E os jogadores, na visão deles, estão acomodados por conta disso. - Os jogadores estão acomodados e acham que tanto faz como tanto fez porque tem o seu salário em dia. Sabem que o Batista vai atrás de dinheiro emprestado com agiota pra pagar salário. Mas isso vai acabar. E se não vier o primeiro resultado positivo o primeiro a sair sou eu. 
Ouça as declarações do dirigente azulino:
Fonte: cidadeverde.com
Edição: Mário Pires Santana

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade de seus autores, e não refletem, de maneira nenhuma, a opinião do redator deste portal.