domingo, 6 de maio de 2018

Adolescente realiza festa de 15 anos no Abrigo São Lucas e pede doações como presente

A festa de 15 anos ainda é uma das comemorações mais importantes para as meninas que estão na adolescência.
Por Maelson Ventura
Família de Julia
Mas para a jovem Júlia Luana, da data virou sinônimo de solidariedade. Ela escolheu o Abrigo São Lucas, localizado no Vale Quem Tem, Zona Leste de Teresina, para festejar e também ajudar quem mais precisa. Ela conta que tem o sonho de ser geriatra e que adora os idosos. “Eu queria doar e se pudesse ajudaria Teresina toda! Hoje tem sido um dia maravilhoso”, conta. A jovem pediu a seus convidados que os presentes fossem convertidos em doações. A mãe de Julia, Cecília Pereira, falou um pouco sobre a atitude da filha. “Estou muito feliz, fiquei muito emocionada quando foi decidido fazer o aniversário de 15 anos aqui, isso mostra que essa nova geração vem com muito amor. Eu tenho muito orgulho dela e ela disse para mim que hoje é o dia mais feliz da sua vida e isso me deixou muito emocionada”, relatou. O pai, Everson Luiz, afirmou está muito orgulhoso da filha, pois a jovem optou por ajudar os idosos que, em alguns casos, foram abandonados por suas famílias. “A Julia sempre foi assim, preocupada com as pessoas, da criança ao idoso, então esse é um presente que ela deu não só para ela, mas para todos”, disse.
Sobre o abrigo
A Fundação Abrigo São Lucas presta serviços à sociedade há 25 anos e tem como objetivo principal o acolhimento institucional a pessoas idosas, que se encontra em condições de exclusão social, promovendo uma convivência em grupo, integrando idosos que se encontram em situação de vulnerabilidade, expostos a situações de risco pessoal e social, em decorrência de abandono, maus tratos físicos e/ou psíquicos, situação de rua, dentre outras.
Dados nacionais sobre os idosos
O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) afirma que, até 2060, a população brasileira com 80 anos ou mais deverá ser representada por 19 milhões de pessoas. De acordo com dados do Sistema Único de Assistência Social (Suas), há, no Brasil, 1.669 instituições de acolhimento de idosos. Muitas pessoas conhecem apenas as instituições de longa permanência, conhecidas popularmente como asilos. Não obstante, existem outros modelos em funcionamento no país, como os centros de convivência, onde idosos que têm autonomia praticam atividades recreativas e aprendem novos ofícios, e os chamados centros-dia, que em geral recebem pessoas que precisam receber algum tipo de atendimento terapêutico.
Veja mais fotos
Fonte: 180graus.com
Edição: Mário Pires Santana





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade de seus autores, e não refletem, de maneira nenhuma, a opinião do redator deste portal.