terça-feira, 1 de maio de 2018

João Vicente aguarda pesquisa para decidir se será candidato ao governo

O ex-senador afirmou o desejo de ser candidato, mas explicou que espera o resultado de uma pesquisa para saber as intenções de voto.
Por João Magalhães
João Vicente aguarda pesquisa para decidir se será candidato ao governo. (Foto: Divulgação)
Um grupo de dez partidos políticos se reuniu na tarde de ontem (30) com o empresário João Vicente Claudino, para pedir que o ex-senador seja candidato ao governo do Estado pela oposição nas eleições de outubro. O grupo político planeja uma coligação para disputar vagas na Assembleia Legislativa do Piauí e na Câmara Federal e busca um candidato a governador que consiga unificar todo o grupo em torno de seu nome.
Ao O DIA, o presidente regional do PPS, Celso Henrique, informou que no encontro, João Vicente Claudino reafirmou o desejo de ser candidato, e explicou que encomendou uma pesquisa para saber as intenções de voto dos piauienses, que será divulgada até 15 de maio. “Com a pesquisa em mãos, ele vai analisar o cenário. Se mostrou com muita vontade de ser candidato, recebeu o apoio do grupo de partidos, caso ele confirme a pré-candidatura, já vai formar eventos para divulgar melhor seu nome”, pontuou Celso Henrique.
Além do PPS, a reunião contou com a presença de representantes do Podemos,
Avante, Patriota, Rede Sustentabilidade, PMN, Solidariedade, PV, PRP e PHS. Atualmente, João Vicente Claudino é filiado ao PTB, que encontra-se dividido e tem dois deputados estaduais na base aliada do governador Wellington Dias. A possibilidade do senador Elmano Ferrer (Podemos) ser o candidato a governador também foi discutida na reunião.
O encontro ocorreu no escritório de João Vicente Claudino, na sede da empresa Socimol, na zona sul de Teresina. Desde o ano passado que o empresário tenta viabilizar uma candidatura ao governo do Estado e tem a simpatia de muitos prefeitos do interior. Apesar de parte do PTB está no governo, ele rejeita as possibilidades de aliança com o Wellington Dias (PT), que deve concorrer à reeleição neste ano.
Fonte: portalodia.ccom
Edição: Mário Pires Santana

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade de seus autores, e não refletem, de maneira nenhuma, a opinião do redator deste portal.