sábado, 5 de maio de 2018

Povos indígenas do Piauí terão espaço reaberto para atender demandas

O governador Wellington Dias esteve em reunião com o coordenador regional da Fundação Nacional do Índio do Nordeste, Luis Maia, nesta quinta-feira (3), para tratar sobre a retomada de uma Coordenação Técnica Local (CTL) para atender às demandas dos povos indígenas do Piauí. O chefe do executivo tem reafirmado seu apoio à causas e lutas dos indígenas que resistem no estado.
Maia falou sobre a necessidade de reabrir a Coordenação Técnica Local. “Estamos vindo ao Piauí tentando reabrir a CTL que foi fechada há algum tempo e contamos com o apoio total e irrestrito do governador que já vem prestando apoio ao povo indígena do Piauí. Esperamos contar ainda com algumas parcerias valiosas, como da Universidade Estadual do Piauí (Uespi)”, apontou Luis Maia. O governador Wellington Dias garantiu a cessão de um prédio para que a CTL volte a funcionar e vire também um Memorial da Cultura Indígena. “Pelo menos 6 mil pessoas se assumem como descendentes de índios no Piauí e precisam de assistência. Reafirmo meu compromisso e vamos trabalhar para que a Funai ou uma Coordenação Regional seja reinstalada no estado”, declarou
Dias. 
O encontro contou com a presença das tribos indígenas piauienses, que estão localizadas nos municípios de Queimada Nova (Cariris), Lagoa do São Francisco e Piripiri (Tabajaras). Para o Cacique Henrique, da tribo Tabajara/Tapuio de Lagoa de São Francisco, foi muito importante a reunião e os encaminhamentos feitos com o governador. “Vamos lutar pela possibilidade da volta da Funai para o Piauí. Com isso vamos ter poder de decisão nas nossas causas. Precisamos mostrar que estamos aqui, existimos e precisamos de apoio dos governos”, disse. 
Participaram ainda da reunião, representantes da Superintendência de Relações Institucionais e Sociais (Supris) Instituto de Terras (Interpi). 
Fonte: portalodia.com
Informações: Ascom
Edição: Mário Pires Santana

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade de seus autores, e não refletem, de maneira nenhuma, a opinião do redator deste portal.