sexta-feira, 8 de junho de 2018

Após conversa entre Samarone e Wellington, PRP revela ressentimento

O senador Elmano Férrer (Podemos), pré-candidato a governador, tem encontrado dificuldades de conseguir apoios para montar uma chapa majoritária forte.
Por Lídia Brito
Foto/BlogdoPessoa
Em parte, essa dificuldade se deve ao assédio de setores governistas que tentam atrair para a base, partidos que conversam com o líder do Podemos no Piauí. O senador Elmano Férrer (Podemos), pré-candidato a governador, tem encontrado dificuldades de conseguir apoios para montar uma chapa majoritária forte. Em parte, essa dificuldade se deve ao assédio de setores governistas que tentam atrair para a base, partidos que conversam com o líder do Podemos no Piauí.
É o caso do PRP. O partido está bem próximo de Elmano. É cotado para indicar o nome do vice do senador, mas tem sido cortejado pelo governador. Wellington chegou a conversar nesta quarta-feira (06), no Karnak, com o vice-prefeito de Parnaíba, Marcos Samarone (PRP), que pode ser o vice de Elmano.
De acordo com o presidente do PRP no Piauí, Laércio Borges, que esteve em viagem pelo interior com Elmano esta semana, a tendência é que a sigla siga com senador do Podemos. “Ocorreu essa conversa do Samarone com o governador, mas isso é normal. O PRP já participa até mesmo das caravanas
com o Elmano. Estamos conversando até em indicar o vice, que pode ser o Samarone. As conversa com o Elmano estão adiantadas”, disse. Laércio revelou até certo ressentimento com relação à base governista e o PT. “O PRP esteve com o governador. Mas nunca conseguimos espaço. Isso gerou até um ressentimento. Estivemos juntos com o PT desde aquela época e nunca tivemos espaço por indicação do partido”, afirmou.
Nesta quinta-feira (07), Laércio Borges deve acompanhar o senador Elmano Férrer em viagem pelo interior. O grupo de apoio ao senador estará nos festejos da cidade Campo Maior. Além do PRP, o Solidariedade e o PV devem compor a aliança com o senador. 
Fonte: cidadeverde.com
Edição: Mário Pires Santana

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade de seus autores, e não refletem, de maneira nenhuma, a opinião do redator deste portal.