domingo, 10 de junho de 2018

DATAFOLHA: INFLUÊNCIA DE LULA É SEM PRECEDENTES

O imenso poder de influência de Lula no processo eleitoral ganhou contornos dramáticos com a última pesquisa Datafolha, divulgada hoje; Lula não apenas lidera com larga vantagem em todos os cenários como também tem o poder de fazer com que um possível indicado por ele vença no primeiro turno; a popularidade do petista chega a ser incompreensível para as mídias tradicionais, que não conseguem mais esconder essa constatação factual.

Por Brasil 247

O imenso poder de influência de Lula no processo eleitoral ganhou contornos dramáticos com a última pesquisa Datafolha, divulgada hoje. Lula não apenas lidera com larga vantagem em todos os cenários como também tem o poder de fazer com que um possível indicado por ele vença no primeiro turno. A popularidade do petista chega a ser incompreensível para as mídias tradicionais, que não conseguem mais esconder esta constatação factual. Mesmo preso em Curitiba, Lula mantém grande poder de influência no processo eleitoral, de acordo com o Datafolha. Segundo o instituto, 30% dos eleitores dizem que votariam com certeza num candidato indicado pelo petista e 17%
dizem que talvez o fariam, o que dá um número inicial de 47%, ou seja: com possibilidades de vitória já no primeiro turno.
O Datafolha mostra que a popularidade de Lula seria um ativo valioso para qualquer um. Para se ter uma ideia do cenário favorável a Lula, o apoio do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) levaria 65% dos eleitores a rejeitar um candidato. Uma indicação do presidente Michel Temer levaria 92% a não votar em alguém. Sem um nome apontado por Lula, os eleitores lulistas se dispersam quando opinam sobre cenários em que o ex-presidente não aparece como candidato: neste cenário, 45% dizem que votariam em branco.
Edição: Mário Pires Santana

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade de seus autores, e não refletem, de maneira nenhuma, a opinião do redator deste portal.