sábado, 29 de setembro de 2018

Corinthians e Cruzeiro disputam premiação recorde na Copa do Brasil

A premiação da Copa do Brasil 2018 está entre as maiores já distribuídas dentro da América do Sul. O campeão embolsa R$ 50 milhões e o vice R$ 20 milhões.
Da CBF
Logo/Reprodução/web
A Copa do Brasil 2018 já conhece seus finalistas. A decisão fica por conta de Corinthians-SP e Cruzeiro-MG em confronto inédito pelo título da competição mais democrática do país. Além do cobiçado troféu, o Timão e a Raposa entram em campo para disputar uma tremenda bolada: o campeão embolsa R$ 50 milhões, enquanto o vice garante R$ 20 milhões.
A premiação da edição de 2018 da Copa do Brasil está entre as maiores já distribuídas dentro da América do Sul. Para dimensionar o aumento considerável do repasse de cotas de participação aos clubes, os R$ 50 milhões a serem pagos ao vencedor é um valor recorde dentro do futebol brasileiro e formaliza um incremento de 733,33% em relação ao valor distribuído ao campeão na última edição. Além disso, Corinthians e Cruzeiro, por estarem garantidos na grande decisão, já faturaram R$ 11,9 milhões, o dobro do valor recebido pela própria Raposa, campeã em da 2017. O montante é a soma das premiações recebidas por paulistas e mineiros por avanço de fase dentro da competição mais
democrática do país. Vale lembrar que ambos os finalistas entraram na competição a partir da fase de Oitavas de Final. 
Premiação da Copa do Brasil
Campeão: R$ 50 milhões
Vice-campeão: R$ 20 milhões
Semifinalistas: R$ 6,5 milhões
Quartas de final: R$ 3 milhões
Oitavas de final: R$ 2,4 milhões
Faturamento de Corinthians e Cruzeiro até a final: R$ 11,9 milhões
A decisão da Copa do Brasil 2018 entre Corinthians e Cruzeiro está marcada para os próximos dias 10 e 17 de outubro. Os mandos de campo das partidas da Final serão apontados em sorteio público realizado na sede da CBF, no Rio de Janeiro (RJ), às 14h30 (de Brasília). A definição será transmitida ao vivo pela CBF TV no site da Confederação e nas redes sociais oficias da entidade.
Fonte: 180graus.com
Informações: CBF
Edição: Mário Pires Santana

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade de seus autores, e não refletem, de maneira nenhuma, a opinião do redator deste portal.