sexta-feira, 26 de outubro de 2018

A chegada ao Governo e Senado

Por Zózimo Tavares

Em 1970, numa articulação política comandada pelo coronel Virgílio Távora, uma das lideranças do Ceará com largo prestígio junto ao governo militar de 64, o engenheiro Alberto Silva foi escolhido governador do Piauí pelo presidente Emílio Garrastazu Médici.
Ele tomou posse no Palácio de Karnak como um estranho no ninho, pois a política estadual era dominada pelo esquema do senador Petrônio Portella, já
um líder nacional da Arena, o partido do governo.
Mas logo Alberto caiu na simpatia popular, pois o seu governo sacudiu o Piauí, abrindo frentes de obras públicas para todos os lados. Em seu mandato, o Estado foi ligado de ponta a ponta por estrada asfaltada. Foi a época das grandes obras públicas, destacando-se entre elas o estádio Albertão.
Foto: Do Autor
Fonte: cidadeverde.com/zozimotavares@cidadeverde.com
Edição: Mário Pires Santana

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade de seus autores, e não refletem, de maneira nenhuma, a opinião do redator deste portal.