sexta-feira, 5 de outubro de 2018

Dr. Pessoa e equipe trabalham para levar a eleição ao segundo turno

O presidente da Câmara Municipal de Teresina, vereador Jeová Alencar (PSDB), coordenador da campanha de Dr. Pessoa, afirma que o candidato a governador se consolida como o segundo colocado.
Por Lídia Brito
Foto: Ascom
O presidente da Câmara Municipal de Teresina, vereador Jeová Alencar (PSDB), coordenador da campanha de Dr. Pessoa, afirma que o candidato a governador se consolida como o segundo colocado. Segundo ele, isso praticamente garante sua presença num eventual segundo turno. 
Por outro lado, Jeová diz estar convicto de que Dr. Pessoa conquistará, no próximo domingo, uma votação muito maior do que apontam as pesquisas. O vereador afirma que a campanha de Pessoa tem sido abraçada com entusiasmo pelos piauienses, o que pode ser observado em cada evento de campanha do candidato do Solidariedade. 
"O que vemos nas pesquisas são resultados distantes uns dos outros. Por isso, prefiro acreditar na resposta direta da população e faço essa sugestão às pessoas. Converse com o seu vizinho, ouça o vendedor perto da sua casa, fale com o taxista, pergunte ao estudante em idade de votar, ouça o povo e você terá a melhor pesquisa e a mais verdadeira. O que sentimos em nossas caminhadas em Teresina e pelo Piauí é um desejo de mudança e o acolhimento
à campanha do Dr. Pessoa. Estamos confiantes que haverá segundo turno", afirma Jeová.
O deputado estadual Evaldo Gomes (PTC), que também é um dos coordenadores da campanha da coligação "Mudar para cuidar da nossa gente", reforça a opinião do presidente da Câmara de Teresina, e acredita que dificilmente o atual governador conseguirá atrair os votos dos indecisos, que estão mais propensos a votar na oposição. 
"A avaliação que eu faço da campanha do Dr. Pessoa é muito positiva. Eu sinto, andando pelos municípios do Piauí, que ele tem tudo para estar no segundo turno, pelo desejo de mudança que a gente sente nas pessoas. Terá segundo turno e o Dr. Pessoa vai estar no segundo turno. Nós acreditamos que esse sentimento de mudança tem crescido no Piauí, havendo, inclusive, uma tendência muito forte de que boa parte dos indecisos votem na oposição", avalia Evaldo Gomes.
Fonte: cidadeverde.com
Com informações da Ascom
Edição: Mário Pires Santana

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade de seus autores, e não refletem, de maneira nenhuma, a opinião do redator deste portal.