segunda-feira, 8 de outubro de 2018

OS ARAUTOS DO EVANGELHO RESPONDEM À NOTA DA DIOCESE DE PARNAÍBA E ESCLARECEM OS FIÉIS

Por Arautos do Evangelho/*Direito de Resposta

Os Arautos do Evangelho tomaram conhecimento de uma "Nota de esclarecimento" da Diocese de Parnaíba, datada de 26 de setembro, assinada por S. Ex.ª Revma. D. Juarez Sousa da Silva. Pelo teor da nota, percebe-se claramente que foi motivada por informações erradas ou equivocadas.
O assunto já foi devidamente esclarecido em carta de 29 de setembro, Dia dos Santos Arcanjos, dirigida à S. Ex.ª, D. Juarez Sousa da Silva, em espírito de comunhão eclesial e de diálogo, desfazendo todos os equívocos e mal entendidos.
Porém, uma vez que a nota foi amplamente difundida pelas redes sociais, é necessário esclarecer também ao público em geral. Assim, procura-se evitar a dedução de que houve má fé ou indução ao erro por parte desta Associação, e corrige-se a difamação da sua imagem e a de seus membros. Portanto, com o intuito de fazer prevalecer a verdade, fazemos notar ao querido povo fiel de Parnaíba, que:
1. Os Arautos do Evangelho são uma Associação Internacional Privada de Fiéis de Direito Pontifício, aprovada por S. João Paulo II, em 22 de fevereiro de 2001. Em 2005 foi fundado o seu ramo sacerdotal, e o Santo Padre Bento XVI, em 2009, aprovou a Sociedade Clerical de Vida Apostólica de Direito Pontifício Virgo
Flos Carmeli e a Sociedade feminina de Vida Apostólica Regina Virginum. Portanto, pela graça de Deus temos comunhão com toda a Igreja, que é Una, Santa, Católica e Apostólica e, em consequência, com a Igreja Particular de Parnaíba;
2. Na querida diocese de Parnaíba não temos nenhuma Comunidade erigida, tampouco atividade de caráter público, como Missas ou os demais sacramentos;
3. Os Arautos do Evangelho, como as demais Associações Católicas ou civis, apenas visitam privadamente os seus membros, Associados, Cooperadores ou solidários, além dos assinantes da Revista, como qualquer cidadão quem tem o direito de ir e vir, de visitar e de receber em seus domicílios e residências a quem queira.
Esta Associação certifica sua inteira comunhão com a Santa Igreja, e com esta Igreja particular de Parnaíba, colocando-se à disposição de seus Pastores.
Aproveitamos a ocasião para pedir a Nossa Senhora da Graça, padroeira desta Diocese, que faça de S. Ex.ª D. Juarez Sousa da Silva, cada vez mais, imagem do Bom Pastor que dá a vida por suas ovelhas, e desejamos aos fiéis e a todos os homens de boa vontade da querida Parnaíba, a abundância dos dons celestiais.
São Paulo, 01 de outubro de 2018.
Memória de Santa Teresinha do Menino Jesus.
*Arautos do Evangelho - Departamento de Imprensa
Edição: Mário Pires Santana

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade de seus autores, e não refletem, de maneira nenhuma, a opinião do redator deste portal.