sexta-feira, 30 de novembro de 2018

Governador decreta emergência em 45 cidades do Piauí

Os territórios Guaribas, Serra da Capivara e Vales do Canindé, Sambito, Piauí e Itaueira são os mais prejudicados com a seca.
Por Paulo Pincel 
Municípios piauienses atingidos pela seca/Foto/Francisco Leal
O Diário Oficial do Estado, edição do dia 28 de novembro, publicou o decreto do governador do Piauí, Wellington Dias (PT), reconhecndo "Estado de Emergência" em 45 municípios do interior do estado que enfretam mais um ano de seca em 2018. Os territórios Guaribas, Serra da Capivara, Vale do Canindé, Vale do Sambito, Vales do Rio Piauí e Vale do Rio Itaueira são as regiões mais prejudicadas com a estiagem, onde há municípios que não dispõe de água suficiente para abastecer sequer à população da zona urbana.
Segundo o governo, alguns municípios do semiárido estão em situação de colapso no atendimento às suas comunidades, inclusive na zona Urbana.
A emergência foi reconhecida nos municípios de Acauã, Alagoinha do Piauí, Alegrete, Anísio de Abreu, Aroeiras do Itaim, Avelino Lopes, Bela Vista do Piauí, Belém do Piauí, Betânia, Bomfim do Piauí, Caldeirão Grande, Campinas do Piauí, Campo Alegre do Fidalgo, Campo Grande do Piauí, Capitão Gervásio Oliveira, Conceição do Canindé, Cristalândia, Dom Inocêncio, Fartura, Francisco Macedo, Francisco Santos, Fronteiras, Guaribas, Jaicós, João Costa, Jurema, lagoa do Barro, Massapê, Monsenhor Hipólito, Morro Cabeça do Tempo, Nova Santa Rita, Patos, Padre Marcos, Pedro Laurentino, Santo Inácio, São Braz, São Francisco de Assis, São João da Serra, São João do Piauí, São Julião, São Lourenço, São Luis do Piauí, Simplício Mendes, Várzea Branca e Vera Mendes.
Fonte: Piauí Hoje
Edição: Mário Pires Santana

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade de seus autores, e não refletem, de maneira nenhuma, a opinião do redator deste portal.