quinta-feira, 22 de novembro de 2018

Piauí abre 199 vagas para Programa Mais Médicos em cem municípios

O edital é a medida emergencial adotada pelo governo brasileiro para garantir a assistência em locais que contam com profissionais de Cuba.
Do 180graus.com
As inscrições para o Programa Mais Médicos começaram na quarta-feira (21) em todo o país e o Piauí dispõe de 199 vagas para médicos brasileiros com CRM Brasil ou com diploma revalidado no país. Ao todo, são ofertadas 8.517 vagas para atuação em 2.824 municípios brasileiros e 34 Distritos Sanitários Especiais Indígenas (DSEI), que antes eram ocupadas por médicos da cooperação com Cuba, por meio do site maismedicos.gov.br.
O edital é a medida emergencial adotada pelo governo brasileiro para garantir a assistência em locais que contam com profissionais de Cuba, após o comunicado da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas) no qual o governo cubano informa que encerrou a cooperação no programa. No entanto, a diretora do Sindicato dos Médicos do Estado do Piauí (Simepi) e da Federação Nacional dos Médicos (Fenam), Lúcia Santos, assegura que aqui no estado não faltam médicos para atender a população, mesmo nas cidades mais distantes da capital. Para ela, o que falta é estruturar a saúde pública no país. “O Governo Federal precisa dar melhores condições aos profissionais para que se fixem nessas cidades longes dos grandes centros urbanos. Não dá para deixar apenas a cargo dos municípios. Os médicos precisam ter condições de trabalho e salário dignos”, afirma.
Lúcia Santos lembra que no Piauí já existe uma carreira para os médicos, estruturada pelo Simepi e que este ano foi feita uma alteração no projeto de lei e levada à Assembleia Legislativa, para alteração desta. “Se o projeto for aprovado, os profissionais concursados ganharão uma gratificação de estímulo à interiorização com três tipos de valores, para que quanto mais distante de Teresina for a lotação do profissional, maior seja essa gratificação. E só com o tempo de serviço, sem apadrinhamento político e com muita transparência, ele poderá mudar de cidade ou vir para a capital. Mas com a garantia de ser substituído por outro médico. Dessa forma, teremos médicos em todas as cidades do Piauí”, ressalta.
Logo Mais Médicos: Reprodução/Web
Fonte: 180graus.com
Com informações da Ascom
Edição: Mário Pires Santana

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade de seus autores, e não refletem, de maneira nenhuma, a opinião do redator deste portal.