terça-feira, 20 de novembro de 2018

PRESIDENTE DE CUBA EXALTA SEUS MÉDICOS: HERÓIS

"Mais que médicos, heróis da mais altruísta das missões: salvar vidas humanas. Cuba os receberá orgulhosa de sua dignidade e de sua obra", postou o presidente da ilha, Miguel Díaz-Canel, saudando os médicos que deixarão o Brasil e retornarão para seu país, após Jair Bolsonaro questionar a formação dos profissionais e a forma de contratação da equipe ao programa Mais Médicos.
Por Brasil 247

O presidente de Cuba, Miguel Díaz-Canel, exaltou os médicos cubanos na noite desta terça-feira 20, e destacou que os profissionais serão muito bem recebidos na ilha, após retornarem de sua missão no Brasil, pelo programa Mais Médicos. Cerca de 8.500 médicos deixarão o território brasileiro até 25 de dezembro depois de o presidente eleito, Jair Bolsonaro, questionar a formação dos profissionais e a forma de contratação da equipe ao programa criado em 2013 pelo governo Dilma Rousseff e ainda disseminar mentiras sobre o caso. "Mais que médicos, heróis da mais altruísta das missões: salvar vidas humanas. Cuba os receberá orgulhosa de sua dignidade e de sua obra", postou o presidente da ilha em sua conta oficial no Twitter. Ele escreveu ainda que o "Mais Médicos mudou a história do Brasil e mostrou ao mundo, outra vez, o valor da medicina cubana. #SomosCuba #MasQueMedicos".
Bolsonaro continuou a disseminar mentiras ou distorções sobre a contratação dos cubanos no Mais Médicos mesmo depois das eleições. Ainda antes de tomar posse, anunciou exigências ao governo cubano, que deixou o programa. Díaz-Canel foi eleito presidente de Cuba em abril deste ano, em substituição a Raúl Castro, que deixou o cargo depois de cumprir dois mandatos.
Inscreva-se na TV 247 e assista entrevista com o médico de Família e 
Comunidade Thiago Henrique Silva, supervisor do Mais Médicos, sobre o assunto:
Fonte: Brasil 247
Edição: Mário Pires Santana

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade de seus autores, e não refletem, de maneira nenhuma, a opinião do redator deste portal.