quinta-feira, 6 de dezembro de 2018

Na seca e na cheia, a inépcia de sempre

O Piauí é um estado pouco preparado para a seca e para a chuva. Na seca fica em emergência porque não tem meios para dispor da água acumulada.
Por Claudio Barros
Na chuva fica em emergência porque não tem meios de conter as enxurradas. Estas fotos são da cidade de Santa Cruz dos Milagres, onde as chuvas fortes fizeram subir o nível do rio São Nicolau e destruíram parte da bela avenida na orla do rio.
Esse subafluente do rio Poti poderia ser contido se for tivesse saído do papel a Barragem dos Milagres, com incrível capacidade de 500 milhões de metros cúbicos de água. Mas isso não aconteceu. Resultado: inundação agora é pouca ou nenhuma água no estio.
PIB do Piauí cai 6,3% e as perdas somam mais de 2,4 bilhões; recuo é o maior no Nordeste.
Fonte: Portal AZ
Edição: Mário Pires Santana

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade de seus autores, e não refletem, de maneira nenhuma, a opinião do redator deste portal.