segunda-feira, 3 de dezembro de 2018

Parnahyba encerra espera e anuncia Adelmo Soares como treinador no Piauiense 2019

Clube inicia montagem da comissão técnica que vai dirigir equipe no estadual e confirma retorno de ex-Picos ao Piauí. Comandante fala pela primeira vez como azulino: "Time com camisa muito forte"
Por GloboEsporte.com — Parnaíba, PI
                          Reprodução/TV Paraíba
O Parnahyba começou de forma oficial a montar a comissão técnica que vai conduzir o clube na disputa do Campeonato Piauiense. O Tubarão anunciou nesse domingo a contratação do técnico Adelmo Soares, que teve passagens recentes por Cajazeiras e Flamengo-PE. O treinador pernambucano vai retornar ao Piauí após dois anos - comandou o Picos no estadual de 2016. A diretoria do
Tubarão ainda não definiu a data de apresentação do novo técnico.
Adelmo Soares é anuciado pelo Parnahyba — Foto: Divulgação/Parnahyba
- É com imensa satisfação que falo como treinador do Parnahyba. Fiquei muito feliz em saber que vou treinar um time com uma camisa muito forte, campeão e sempre está nas cabeças. Responsabilidade muito grande. É fruto de temporadas passadas. Modéstia à parte, fiz bons trabalhos. Estamos super felizes e preparados para enfrentar esse desafio - falou o treinador ao GloboEsporte.com.
Adelmo Soares passou pelo Picos em 2016 — Foto: Renan Morais
Natural da cidade de Limoeiro, no Pernambuco, Adelmo Soares tem 57 anos e acumula passagens por diversos clubes do Nordeste, em especial Ypiranga-PE, CSE, Porto, Guarany de Sobral e Picos.
Adelmo é o primeiro nome confirmado no grupo azulino que vai disputar o Campeonato Piauiense 2019. O Parnahyba vive um período de instabilidade administrativa após o afastamento do presidente Batista Filho por suspeita de irregularidades em sua gestão. O vice Osvaldo Brandão é quem está à frente do clube.
Campeão estadual pela última vez em 2013, o Parnahyba sabe o caminho que vai percorrer no Piauiense do próximo ano. A estreia azulina será diante do River-PI, dia 20 de janeiro, às 17h, no litoral do estado.
Fonte: G1/PI
Edição: Mário Pires Santana

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade de seus autores, e não refletem, de maneira nenhuma, a opinião do redator deste portal.