segunda-feira, 31 de dezembro de 2018

PRF já autuou 1.314 veículos por excesso de velocidade no Piauí

Segundo a PRF, até o meio-dia desta segunda-feira (31), já haviam sido realizadas 1.314 autuações por excesso de velocidade e 444 por ultrapassagens proibidas.
Por Nathalia Amaral
O chefe do Núcleo de Operação da PRF/PI, Danilo Teive. (Foto: Poliana Oliveira/O Dia)
Com a proximidade das festas de Ano Novo e o aumento do fluxo de veículos nas estradas, aumenta também o número de infrações por excesso de velocidade e ultrapassagens proibidas nas rodovias federais do Piauí. Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal, até o meio-dia desta segunda-feira (31), já haviam sido realizadas 1.314 autuações por excesso de velocidade e 444 por ultrapassagens proibidas. 
De acordo com o chefe do Núcleo de Operação da PRF/PI, Danilo Teive, entre os veículos flagrados em excesso de velocidade, foi constatado que muitos condutores trafegavam a mais de 180km/h, gerando um risco para quem transita nas rodovias durante esse período. “Com essa velocidade você não consegue ter domínio do veículo para frear ou evitar um acidente”, afirma.
Com mais de 400 veículos realizando ultrapassagens proibidas, o inspetor chama atenção para o risco de acidentes graves com vítimas fatais. “Isso nos deixa preocupados, porque as ultrapassagens proibidas são a maior causa de acidentes com mortos nas estradas, porque em virtude da ultrapassagem proibida ocorrem as colisões frontais”, diz.
Até o momento, 26 condutores foram autuados por embriaguez ao volante. A suspeita é de que, dos três acidentes com mortes registrados até o momento, um tenha envolvimento com o consumo de álcool e uso da direção. “Um motociclista morreu em Paulistana e há indícios de que tenha sido por embriaguez, uma vez que não existe nenhum motivo provável, ele simplesmente perdeu o controle e bateu de frente com um poste”, afirma, acrescentando que a causa da morte somente será confirmada após o laudo cadavérico.
Neste período, cuidados especiais também devem ser tomados por pedestres e ciclistas ao trafegaram nas proximidades de rodovias, especialmente no período noturno. “Com o Ano Novo, as pessoas acabam bebendo demais, ciclistas e motociclistas saem completamente embriagados e à noite os condutores não tem visualização e acabam havendo esses acidentes com óbitos”, ressalta.
A PRF destaca que 60% do efetivo da corporação foi destacado para autuar nas rodovias federais do Piauí durante o feriado de Ano Novo, com o objetivo de reduzir a incidência de óbitos. Para garantir o retorno seguro da população às suas residências, a PRF destaca que blitzes serão realizadas também, nesta terça-feira (1º), em várias BRs que cortam o estado.
Fonte: Portalodia.com
Edição: Mário Pires Santana

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade de seus autores, e não refletem, de maneira nenhuma, a opinião do redator deste portal.