sábado, 5 de janeiro de 2019

Marasmo oficial

Por Arimatéia Azevedo

O quarto governo de Wellington Dias começou sem alarde e do mesmo jeito que terminou o terceiro: sem novidades, a não ser, até aqui, a presença de uma nova vice-governadora, Regina Sousa. No mais, o petista assinou um decretão mantendo nos cargos os atuais ocupantes, deixando para montar o governo somente após a retomada dos trabalhos no Legislativo estadual, nos primeiros dias de fevereiro. Se não esticar para março, abril... Com a decisão de manter tudo como está e fazer de seu quarto mandato uma novidade que seja após um mês de gestão, o governador parece querer dar razão àquela ideia de que no Brasil tudo começa apenas depois do carnaval. Parece ser este o rumo do governo do Piauí para os próximos meses: ir tocando a máquina de tal modo que novidade mesmo somente em março, após a folia. Não que isso seja bom ou ruim, mas se o governo estadual quer realmente apresentar uma novidade, poderia aproveitar esse mês de janeiro para aprontar um pacote de medidas que resultem num enxugamento dos gastos em prazo maior. Isso terá um enorme efeito positivo e vai demonstrar a boa vontade de se fazer algo realmente novo doravante.
Fonte: Portal AZ
Edição: Mário Pires Santana 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade de seus autores, e não refletem, de maneira nenhuma, a opinião do redator deste portal.