sexta-feira, 11 de janeiro de 2019

Parnaíba deixa Copinha com vitória, e técnico entrega emoção do elenco: "Foi último ano deles na base"

Mesmo eliminado, Jucélio Lira, do Parnahyba, descreve sensação depois de 3 a 0 sobre o Sete de Dourados, primeira vitória da equipe do Piauí na competição: "Vencemos as críticas".
Por GloboEsporte.com — Teresina
Parnahyba 3 x 0 Sete de Dourados pela última rodada do Grupo 23 da Copinha
Na Copa São Paulo de Futebol Júnior, o Parnahyba fez a sua primeira participação na competição. Caiu no Grupo 23 e estreou diante do Fluminense, sofreu 7 a 0 de cara e foi alvo de piadas de torcedores. Na segunda rodada, nova goleada, de 3 a 0, para o Audax-SP, líder da chave. No último jogo, eliminado com antecedência, a equipe azulina enfrentou o Sete de Dourados. A volta para o Piauí será feliz após a despedida da competição ter sido com vitória por 3 a 0 sobre a equipe sul-mato-grossense no estádio José Liberatti, em Osasco. 
O técnico Jucélio Lira relatou a emoção no vestiário. O último jogo da Copinha representou a despedida de cinco atletas da categoria de base: o meia Papito; os zagueiros Miguel e Alber; o lateral-esquerdo Kaká; além do volante Juninho. Por isso, segundo o treinador, as lágrimas caíram enquanto o grupo comemorou a primeira vitória na Copa São Paulo.
Parnahyba, emoção — Foto: Reprodução/FPF TV
- Muitos atletas se emocionaram por ser o último ano deles na base. Quando fechamos a roda, cada um falou um pouco e veio a emoção de cada um. Foi uma vitória importante para os jogadores e comissão técnica. Não valia a classificação, mas foi como conversamos. Tínhamos que deixar São Paulo com alguma pontuação, de preferência ganhando o jogo. Encaramos a partida como um duelo sério, igual nas derrotas passadas - contou o treinador.
Edição: Mário Pires Santana

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade de seus autores, e não refletem, de maneira nenhuma, a opinião do redator deste portal.