sexta-feira, 18 de janeiro de 2019

Uma noite no Mangata ouvindo o canto mavioso do amigo, Marlon Dreher

Por Mário Pires Santana
Eu e Lia estivemos hoje no eclético, Restaurante Mangata, ao lado de Marisa e Maysa que vieram de Salvador-BA. Mais Marina, Felipe, Murilo, Mariana e Levi. Um recanto ímpar na Parnaíba, em todos os sentidos: Bom gosto, finesse, requinte, serviço de "qualidade total"... Tudo isso acompanhado pelo canto mavioso do consagrado artista, hoje parnaibano, Marlon, Dreher. O Mangata e o Marlon; Um completa o Outro...

Fotos do Editor
Edição: Mário Pires Santana

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade de seus autores, e não refletem, de maneira nenhuma, a opinião do redator deste portal.