sexta-feira, 22 de fevereiro de 2019

Polícia Federal cumpre mandados em endereços ligados ao senador Ciro Nogueira

Político é o principal alvo da Operação Compensação, autorizada pela ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal.
A Polícia Federal cumpre nesta sexta-feira (22) mandados na residência (Foto) do senador Ciro Nogueira, presidente do Progressistas, em Teresina.
A operação, batizada de Compensação, foi autorizada pela ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal, e investiga suspeitas de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Tem como principal alvo o senador piauiense.
Os mandados de busca e apreensão, sete ao todo, estão sendo cumpridos também em Brasília e em São Paulo. Na foto, a presidência do senador, no bairro Santa Isabel, zona Leste da capital, onde os policiais chegaram logo às 6h.
As denúncias contra o senador que deflagraram esta operação foram feitas por colaboradores do Grupo J&F, que afirmam ter repassado R$ 43 milhões ao Progressistas, em espécie e em doações oficiais, através do senador, em troca de apoio político na campanha de 2014, à campanha presidencial de Dilma Rousseff. 
Equipes da Polícia Federal, em Teresina, também estão na sede da empresa CN Motos, na zona Sudeste 
No pedido de investigação, a procuradora-geral Raquel Dodge diz que as vantagens direcionadas ao PP eram para que o partido apoiasse o governo nas eleições e, mais na frente, também "não agisse contra" a então presidente alvo de um processo de impeachment.
         Foto: Geraldo Magela/Agência Senado
Fonte: 180graus.com/Política
Edição: Mário Pires Santana

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade de seus autores, e não refletem, de maneira nenhuma, a opinião do redator deste portal.