sábado, 6 de abril de 2019

Em Parnaíba, Wellington anuncia projeto de macrodrenagem para escoamento das águas

Por Redação do Portal AZ
Foto: CCOM
“É necessário dar um destino para que áreas vulneráveis não sejam ocupadas com novas habitações”, disse o governador Wellington Dias, que visitou na manhã deste sábado (6), as regiões atingidas pelas chuvas, em Parnaíba. No local, conversou com moradores e destacou que nos próximos dias será apresentado projeto de macrodrenagem na região para o escoamento das águas.
Wellington falou que há soluções possíveis de serem resolvidas mas reconhece que o ideal é ter uma alternativa de habitação em regiões mais altas. O gestor enfatizou ainda que esteve no Ministério da Integração Nacional que sinalizou para realização de obras para solucionar problemas que são recorrentes. “A ajuda humanitária é importante e urgente e neste momento há todo um cuidado em conseguir abrigos, medicamentos”, disse o governador. Ele afirma que há outras 16 regiões atingidas e neste momento há um acerto com a CHESF para que não haja liberação das águas da Barragem de Boa Esperança. “A ideia é que haja um controle com a CHESF para que o problema não venha se agravar ainda mais”, afirma.
O governador declara que o projeto de macrodrenagem para solucionar o problema não é barato e só a Prefeitura não tem condições de executar, portanto, é necessário parceria com os governos Federal e Estadual.
Em Parnaíba, os bairros mais atingidos por alagamentos são: Piauí, Do Carmo, Vazantinha, Fazendinha, Catanduvas e São Judas Tadeu. “Este é um momento que tanto os municípios quanto o Governo do Estado e o Governo Federal precisam estar unidos para reduzir os danos causados, mas também para prevenir novos problemas. “Vamos unir esforços para levar a assistência que essas famílias precisam no momento. Qualquer ajuda é bem-vinda e estamos disponibilizando toda a equipe do governo para dar o amparo adequado aos atingidos pelas chuvas”, disse Wellington Dias.
Fonte: Portal AZ
Edição: Mário Pires Santana

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade de seus autores, e não refletem, de maneira nenhuma, a opinião do redator deste portal.