sábado, 20 de abril de 2019

Empresa quer investir R$ 200 milhões para ampliar parque eólico no Piauí

Empresa quer investir R$ 200 milhões para ampliar parque eólico no Piauí.
Complexo Eólico Lagoa do Barro, em Lagoa do Barro, Piauí
A empresa Atlantic Energias Renováveis apresentou ao governador Wellington Dias projeto de ampliação do seu parque eólico no município de Lagoa do Barro do Piauí. A empresa pretende investir R$ 200 milhões na ampliação do parque. Complexo Eólico Lagoa do Barro, em Lagoa do Barro, Piauí Atualmente, a empresa é responsável pela produção de 195 megawats de energia, gerando mais de R$ 150 milhões anualmente em receita para o município. Com a ampliação a produção será aumentada em 65 megawats, aproximando o parque de uma produção capaz de abastecer 400 mil residências.
Reunião entre o governador Wellington Dias e a Atlantic Energias
“O governador abriu as portas para apresentarmos nossas oportunidades. No nosso entendimento o projeto é positivo para nós investidores; para o Estado, que vê o desenvolvimento econômico e social desta microrregião; e para a população, que terá novos postos de emprego”, disse Erik Jenichen, diretor financeiro da Atlantic.
Reunião entre o governador Wellington Dias e a Atlantic Energias
Segundo Dias, o arrecadado com a implementação e ampliação de novos parques eólicos colabora com o crescimento de municípios e impulsiona o desenvolvimento social no interior do estado. “Alguns municípios aumentam a renda per capita, o produto interno bruto, o ICMS, cerca de 700% por conta do efeito na economia a partir do ano seguinte. Por quê? Porque passam a ter uma nova forma de cálculo na forma do ICMS no estado. Vamos trabalhar com os governadores do nordeste para que o Banco do Nordeste e a Sudene possam abrir as condições de prosseguir esses investimentos”, avalia.
Reunião entre o governador Wellington Dias e a Atlantic Energias
A primeira etapa do parque deve entrar em operação em 15 meses. No pico de sua construção, o projeto original gerou 850 empregos diretos. Destes, cerca de 600 oriundos de Lagoa do Barro e municípios vizinhos.
As informações são do governo do Piauí.
Fonte: Piauí Express
Edição: Mário Pires Santana

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade de seus autores, e não refletem, de maneira nenhuma, a opinião do redator deste portal.