terça-feira, 2 de abril de 2019

FOLHA: NETO DE LULA MORREU DE INFECÇÃO GENERALIZADA PELA BACTÉRIA STAPHYLOCOCCUS AUREUS

Informação foi confirmada pelo jornal com quatro infectologistas que tiveram conhecimento do caso de Arthur e com uma fonte próxima ao ex-presidente Lula, mas que preferem se manter no anonimato.
Por brasil 247

O neto do ex-presidente Lula, Arthur Araújo Lula da Silva, de 7 anos, morreu de infecção generalizada pela pela bactéria Staphylococcus aureus, informou a Folha de S.Paulo. O jornal diz ter confirmado a informação com quatro infectologistas que tiveram conhecimento do caso de Arthur e com uma fonte próxima a Lula, mas que preferem se manter no anonimato por respeito à família.
O garoto de sete anos morreu no dia 1º de março no Hospital Bartira, da rede D'Or, em Santo André. O diagnóstico divulgado na ocasião, inicialmente por vazamento à imprensa, foi de meningite meningocócica.
Na última sexta-feira 29, no entanto, a Revista Fórum divulgou a informação do deputado federal Alexandre Padilha (PT-SP), que também é médico, de que a causa da morte não era essa. O parlamentar não divulgou o diagnóstico porque ”a divulgação disso é uma decisão da família”.
A bactéria Staphylococcus aureus está presente em infecções de pele, ou mesmo contusões, que podem ser a porta de entrada para o organismo, informa a reportagem. A Prefeitura de Santo André confirmou nesta segunda que Arthur não morreu de meningite meningogócica.
Fonte: Brasil 247
Edição: Mário Pires Santana

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade de seus autores, e não refletem, de maneira nenhuma, a opinião do redator deste portal.