quarta-feira, 10 de abril de 2019

Governo decreta estado de emergência após caso de peste suína

Doença em animais foi detectada em uma propriedade localizada no município de Lagoa do Piauí. Medida prevê interdição de alguns locais.
Do Governo do Estado do Piauí 
Foto: Divulgação/Ccom
Foi decretado na última segunda-feira (08) pelo Governo do Estado do Piauí estado de emergência em razão da ocorrência de peste suína clássica no município de Lagoa do Piauí. A medida interdita todas as propriedades rurais e outros estabelecimentos com suínos e produtos que representam risco para a manutenção ou difusão da doença localizados na região de emergência. Está proibida também a saída de suínos e produtos de risco da área demarcada.
O estado de emergência prevê ainda que a movimentação de animais e produtos deverá ser regida pelas normas e procedimentos estabelecidos pela equipe técnica instituída para a execução das operações de campo. A Agência de Desenvolvimento Agropecuário do Piauí (ADAPI) informou que está tomando medidas específicas para a contenção e eliminação do agente viral de modo a evitar a disseminação para outras áreas do estado. “Além de interdições das propriedades e controle do trânsito de animais, as medidas incluem investigação epidemiológica nas propriedades circunvizinhas e sacrifício sanitário de todos os suínos do foco. Será um processo contínuo que durará cerca de 30 dias ou mais, até termos a certeza de que o vírus foi erradicado”, afirma o veterinário e fiscal agropecuário da ADAPI, Idílio Moura.
Foto: Divulgação/Ccom
Ele explica ainda que a peste suína é transmitida por um vírus altamente contagioso, mas que afeta somente suínos e javalis, não o ser humano, portanto não há perigo no consumo da carne suína. Idílio enfatiza que o prejuízo é econômico por conta do trânsito de animais, uma vez que suínos com esta condição não podem ser comercializados do Piauí para outros estados.
Os animais acometidos com peste suína apresentam os sintomas de febre alta, mortalidade elevada, principalmente entre os suínos jovens, manchas avermelhadas no corpo, conjuntivite, diarreia e paralisia dos membros.
Fonte: portalodia.com
Edição: Mário Pires Santana

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade de seus autores, e não refletem, de maneira nenhuma, a opinião do redator deste portal.